MENU

Após rodízio, Mano promete 'time ideal'

Após rodízio, Mano promete 'time ideal'

Atualizado: Quarta-feira, 17 Fevereiro de 2010 as 12

Mano Menezes aproveitou bem o período de rodízio dos jogadores do Corinthians. Dos 32 atletas que compõem o grupo, apenas cinco não participaram de nenhum jogo do Campeonato Paulista. Mas, depois de tantos testes e de ter inúmeras opções para as mais variadas posições, o treinador garante que o Timão terá uma equipe titular a partir da Taça Libertadores. Entretanto, sem pressa.

- Nós teremos um time de 1 a 11. Eu acredito muito na repetição da formação. Nessa consciência de que essa é a equipe base, vamos apresentar variações porque temos qualidade. Mas não será uma equipe mexida nos principais momentos. Para ser vencedor, você precisa de grupo de qualidade, mas também de uma equipe definida – afirmou o comandante.

O gaúcho usa como exemplo o sucesso que o Corinthians fez em 2009. A formação com três atacantes só passou a ser usada definitivamente com resultados positivo nas semifinais do Paulistão, quando eliminou o São Paulo. Curiosamente, o sistema não era a primeira opção e só foi adotado depois que Escudero machucou o joelho esquerdo durante um treinamento. Ele entraria no lugar do meia Douglas, passando André Santos à armação.

- Ano passado, conseguimos colocar o time considerado mais vencedor nas semifinais. Foi a primeira vez que aquela formação jogou junta. Futebol é isso. A equipe vai se formando. Às vezes, você tem uma ideia diferente e a confirmação do campo mostra outra coisa – acrescentou.

Até agora, os únicos jogadores não utilizados em 2010 foram os goleiros Julio Cesar, Danilo Fernandes e Rafael Santos, o lateral-esquerdo Dodô e o lateral-direito Moacir. O último ainda deve enfrentar o Mogi Mirim, nesta quarta-feira, às 21h50m, no interior, ou o Rio Branco, sábado, às 19h30m, na Arena Barueri.

O técnico, aliás, tem poucas dúvidas para chegar a seu time ideal. Na defesa, Felipe, Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos estão garantidos. Já no meio, ele ainda não escolheu quem será o primeiro volante: Marcelo Mattos ou Ralf. Como Danilo está praticamente fora da estreia na Libertadores, dia 24, contra o Racing-URU, no Pacaembu, pela lesão na coxa esquerda, Iarley estará no ataque ao lado de Ronaldo, enquanto Jorge Henrique ficará na armação, formando dupla com Tcheco.

Por: Carlos Augusto Ferrari

veja também