MENU

Após romper com Isinbayeva, Petrov receberá convite para treinar no Brasil

Após romper com Isinbayeva, Petrov receberá convite para treinar no Brasil

Atualizado: Terça-feira, 15 Março de 2011 as 2:19

O rompimento do contrato entre Yelena Isinbayeva e o treinador ucraniano Vitaly Petrov, no último sábado, pode se refletir em bons frutos para o atletismo brasileiro em 2016. Isso porque o técnico trabalharia para o desenvolvimento do salto com vara no Brasil a partir de 2013, após o término de seu vínculo com a atleta russa, visando obter resultados expressivos na modalidade nas Olimpíadas do Rio de Janeiro. Sem nenhum contrato em vigor, Petrov poderia iniciar o programa imediatamente.

Na próxima semana, o técnico virá a São Paulo para uma semana de treinamentos com Fabiana Murer. Na ocasião, Elson Miranda, técnico da esportista, fará o convite em nome do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

- Já me deram autorização para negociar, ver o que ele quer. A ideia é continuar o trabalho que ele já vem desenvolvendo – disse Elson, em entrevista ao jornal "O Estado de São Paulo".

A primeira vez que Petrov trabalhou com Elson e Fabiana foi em 2001. Na época, técnicos e atletas se uniram para financiar as clínicas ministradas pelo estrangeiro. Desde então, a marca de Murer saltou de 3,91m (recorde brasileiro antes do primeiro estágio) para 4,95m (recorde sul-americano em 2010).     A brasileira chegou a treinar com Isinbayeva em diversas oportunidades, mas a Federação Russa de Atletismo pôs um fim na relação amistosa de trabalho, alegando que o nível de competitividade entre as duas não permitiria a realização de treinamentos conjuntos.

- A Fabiana acabou vencendo a Yelena no ano passado (no Mundial Indoor). Houve alguns problemas, e a gente acabou não podendo fazer mais treinos com a Yelena. Agora, aconteceu uma coisa inesperada. A Yelena acabou encerrando o contrato que tinha e voltando ao antigo treinador, e o Vitaly fica livre para pensar nas deficiências que temos aqui no Brasil – disse Elson em entrevista ao programa Redação SporTV.

Segundo Elson, Petrov não necessariamente terá contato direto com os atletas brasileiros. - Na verdade ele vem trazer conhecimento que ele tem para um técnico e poder adaptar isso ao Brasil. Vamos trazer o Vitaly para cá para trazer conhecimento para o técnico. É muito mais comigo do que com os atletas.      

veja também