MENU

Após saída de René, Atlético-GO acerta com o técnico PC Gusmão

Após saída de René, Atlético-GO acerta com o técnico PC Gusmão

Atualizado: Domingo, 3 Abril de 2011 as 1:56

Paulo César Gusmão é o novo técnico do Atlético-GO. A diretoria do Dragão confirmou o acerto entre as partes na noite deste sábado. PC, que tem 48 anos, chega para substituir René Simões, demitido após a eliminação da equipe na Copa do Brasil, diante do Coritiba, no meio de semana. Em sua trajetória como treinador, ele já teve passagens por Botafogo, Fluminense, Cruzeiro, Ceará, além do próprio Dragão, em 2009. Seu último clube foi o Vasco, de onde saiu no início deste ano.

- O PC é um técnico que tem experiência na Série A, tem um dia-a-dia muito bom com o elenco e vem com um dos melhores preparadores físicos do Brasil, o Jorge Sotter (a diretoria vem reclamando da condição física da equipe, aquém do esperado). Isso veio ao encontro da vontade dele (PC) de voltar ao Atlético para fazer um trabalho de alto nível. Vamos planejar para que tudo ocorra da melhor maneira possível - afirmou o diretor de futebol do Dragão, Adson Batista.

PC Gusmão está passando o fim de semana com a mulher no interior do Rio de Janeiro e chega em Goiânia nesta segunda-feira, dia do jogo contra o Anapolina, às 20h30m, pela sétima rodada do returno do Campeonato Goiano. Ele vai ao Serra Dourada para assistir à partida, e sua apresentação oficial deverá ser na terça. A negociação foi feita entre o clube e o empresário do treinador, Júlio Fortes, que também é agente do volante Robston, que está no Atlético-PR.

Segundo Adson, Paulo César Gusmão se encaixa no perfil do clube, que queria um técnico linha dura com os jogadores:

Situação do Atlético-GO no Goianão

- O PC é diferente do René, que também é um grande profissional. É um treinador que trabalha de maneira mais incisiva, no limite, tem uma linha enérgica e tem muito a oferecer numa linha de trabalho bastante competitiva. Vai implantar a filosofia dele e esperamos que dê certo.

PC esteve no Atlético-GO em 2009 e foi demitido após a final do estadual, quando a diretoria não gostou da insistência do técnico em escalar o volante Francismar, que foi mal nas duas partidas da final contra o Goiás. Em seguida, o treinador entrou na Justiça do Trabalho para receber uma dívida (cerca de R$ 120 mil), mas as duas partes entraram em acordo e o montante foi pago em dez vezes. Desta vez, ele assinará contrato até o fim do ano com multa rescisória.

Segundo o diretor de futebol, as diferenças do passado já foram esquecidas:

- Futebol é momento. Não se pode viver de passado. O que pesa são as qualidades dele, que tem um ótimo currículo, faz um bom trabalho nos clubes por que passa e já conhece a maioria dos jogadores do nosso time.

O Atlético-GO é o líder isolado do Campeonato Goiano, com 36 pontos em 15 jogos, sete a mais que o segundo colocado, o Vila Nova. A equipe já está classificada para a fase semifinal do torneio.

veja também