MENU

Após se firmar como titular, Pablo espera marcar gol prometido ao filho

Após se firmar como titular, Pablo espera marcar gol prometido ao filho

Atualizado: Sexta-feira, 25 Março de 2011 as 9:43

Pablo assumiu a lateral direita do Cruzeiro, ganhou a confiança do técnico Cuca e da torcida. No entanto, ainda falta alguma coisa. Elogiado pela capacidade defensiva e pelos diferentes papéis que pode assumir durante a partida, o jogador busca o primeiro gol com a camisa celeste. Esse gol é ainda mais esperado porque foi uma promessa dele para o filho.

- A gente sempre procura fazer gols. Neste começo de ano tenho feito uma marcação um pouco mais atrás, às vezes como terceiro zagueiro. Mas procuro trabalhar sempre, procuro fazer um gol que prometi para o meu filho. Ele já tem um ano e oito meses e eu ainda não marquei. Eu sempre cumpri as promessas que fiz. Espero fazer, para cumprir essa promessa, disse o jogador que chegou ao Cruzeiro para ser lateral-esquerdo e ganhou a posição do outro lado do campo.

O primeiro gol com a camisa da Raposa é tão esperado que até uma comemoração especial está preparada. Durante brincadeira pela internet, Pablo comentou com os fãs a possibilidade de dançar lambada após balançar as redes.

- Tenho várias comemorações na cabeça. O importante é fazer o gol. O pessoal do Twitter está pedindo para eu dançar a ‘Adocica’. Foi uma brincadeira que eu fiz e o pessoal está levando a sério. Às vezes eu chego nos jogos e o pessoal nem me chama de Pablo, me chama de adocica. Mas eu levo pelo lado bom.

Essa busca pelo gol torna-se um pouco mais difícil pelo posicionamento dele em campo. No esquema de Cuca, o novo lateral-direito assume funções defensivas importantes. No entanto, Pablo não vê problemas nas obrigações de marcação, pois o mais importante é ter uma vaga no time titular.

- A gente sempre quer atuar bem e fazer gols. Mas estou bem ali atrás, estou recebendo elogios. Então se no esquema do Cuca eu puder ou não chegar mais a frente, eu estou feliz por estar jogando.    

veja também