MENU

Após seguidas festas, Tricolor volta o foco diante de um animado Santa Cruz

Após seguidas festas, Tricolor volta o foco diante de um animado Santa Cruz

Atualizado: Quarta-feira, 30 Março de 2011 as 10:11

Os últimos dias foram de muita festa para o São Paulo. No domingo, a equipe venceu o Corinthians por 2 a 1, pela fase de classificação do Campeonato Paulista, acabou com um incômodo jejum de quatro anos sem vitória sobre o rival e, de quebra, ainda viu o seu goleiro e capitão Rogério Ceni chegar ao centésimo gol da carreira. Dois dias depois, o clube viu uma multidão invadir o Morumbi para prestigiar a apresentação do atacante Luis Fabiano.

Porém, tudo isso é passado. Nesta quarta, é hora de voltar o foco, já que o adversário promete endurecer. Pela segunda fase da Copa do Brasil, o Tricolor colocará sua boa fase à prova diante de um animado Santa Cruz que, além de fazer ótima campanha no Campeonato Pernambucano (a equipe lidera a competição com 41 pontos, ao lado do Náutico), conta com uma apaixonada torcida, que promete lotar o estádio do Arruda para empurrar o time. São esperados pelo menos 50 mil torcedores, que terão a oportunidade de ver um astro local em ação: Rivaldo, pentacampeão mundial com a Seleção Brasileira e melhor jogador do mundo em 1999, que deverá ganhar pelo menos uma chance durante o jogo com a camisa 10 do time do Morumbi.     A bola vai rolar a partir das 21h50m e o GLOBOESPORTE.COM acompanha o duelo em tempo real, com vídeos exclusivos. Pela TV, são duas as opções: TV Globo (para os estados de SP, PE, MS e MT) e Sportv. O árbitro da partida será o baiano Marielson Alves Silva, que será auxiliado por Raimundo Carneiro de Oliveira e José Dias da Hora.

Santa Cruz: a campanha no estadual é ótima, a torcida está empolgada, mas o técnico Zé Teodoro sabe que, se o time garantir a realização do jogo de volta, já terá cumprido sua missão. Para aumentar a tensão, será uma semana complicada, já que no próximo final de semana, a equipe terá o clássico contra o rival Sport pela frente.

São Paulo: Paulo César Carpegiani sabe que as coisas não serão fáceis, mas acreidta que a boa fase do time poderá garantir a classificação antecipada. O objetivo será alcançado em caso de vitória por dois gols de diferença.

Santa Cruz: o técnico Zé Teodoro ganhou uma boa notícia na véspera da partida. O atacante Gilberto, que estava de malas prontas para o Corinthians, chegou a um acordo com a diretoria e vai permanecer até o final do Campeonato Pernambucano. Com isso, tem presença garantida no duelo desta quarta-feira, assim como o zagueiro Leandro Souza, recuperado de lesão. Em compensação, o volante Memo e o atacante Thiago Cunha não poderão atuar, já que foram vetados pelo departamento médico. O time atuará com: Tiago Cardoso; Jackson, Thiago Matias, Leandro Souza e André Oliveira; Renatinho, Jeovânio, Cléber Goiano e Natan; Landú e Gilberto.

São Paulo: no último treino antes do embarque para Recife, o técnico Paulo César Carpegiani não pode contar com o zagueiro Miranda, que está com amigdalite. O camisa 5, no entanto, viajou normalmente e, mesmo sem estar 100%, formará o trio de zagueiros com Rhodolfo e Alex Silva. Novamente, a dúvida está no esquema tático a ser utilizado. Uma coisa é certa: Lucas, que não enfrentou o Corinthians por estar na Seleção Brasileira, tem presença garantida. Já Rivaldo, mais uma vez, ficará no banco. A equipe jogará com: Rogério Ceni; Rhodolfo, Alex Silva, Miranda e Juan; Rodrigo Souto, Jean, Carlinhos Paraíba e Lucas; Dagoberto e Fernandinho.

Santa Cruz: artilheiro da equipe na temporada, com dez gols marcados em dez partidas disputadas, o atacante Gilberto estará em campo pronto para ratificar sua fama de matador do Nordeste. Na mira do Corinthians, o camisa 9 promete muita inspiração para vencer a batalha contra o trio de zagueiros do Tricolor.

São Paulo: principal goleador do time em 2011, Dagoberto terá um motivo a mais para entrar em campo animado. O camisa 25 completará na noite desta quarta-feira a marca de 200 jogos pelo time do Morumbi. Na única apresentação da equipe na Copa do Brasil, que foi a vitória sobre o Treze, a atacante brilhou ao marcar dois dos três gols da vitória por 3 a 1.

Zé Teodoro, técnico do Santa Cruz : "O jogo de quarta é o jogo da vida de cada um aqui no Santa Cruz. É a oportunidade de se lançar na mídia, até porque a partida será transmitido para todo o país e o momento do São Paulo é maravilhoso depois do que aconteceu no final de semana. Com muita vontade e transpiração, posso prometer um time comprometido que vai entrar em campo sabendo o que precisa fazer. Podemos surpreender. Queremos pelo menos levar o duelo para São Paulo."

  Rhodolfo, zagueiro do São Paulo:   “Comemoramos nesses dois últimos dias, mas agora precisamos voltar a concentração para a Copa do Brasil. É um outro campeonato e é importante para gente. Temos de tentar esquecer esse jogo com o Corinthians e pensar só no Santa Cruz, porque não vai ser fácil”.

* A história dos confrontos entre Santa Cruz e São Paulo registra uma ampla superioridade da equipe paulista. Foram disputados 25 jogos, com 19 vitórias do Tricolor, cinco empates e apenas uma derrota, ocorrida no Campeonato Brasileiro de 1988, quando os pernambucanos venceram por 1 a 0, gol marcado por Cosme.

* O Santa Cruz disputa sua 18ª edição da Copa do Brasil. Em seis edições, o time foi eliminado na primeira fase. Em outras quatro, a eliminação ocorreu na segunda etapa. No restante (sete vezes), o adeus ocorreu nas oitavas de final.

* Pela Copa do Brasil, nos 30 jogos disputados no estádio do Arruda, o Santa Cruz conseguiu em três derrotar grandes do futebol brasileiro: Vasco (1 x 0 em 1994 ), Grêmio (1 x 0 em 2001) e Cruzeiro (1 x 0 em 2005).

* Atuando como visitante na Copa do Brasil, o São Paulo tem um aproveitamento de 50,8% dos pontos conquistados. Em 40 partidas, foram 17 vitórias, dez empates e 13 derrotas. Longe do Morumbi, o Tricolor marcou 70 gols e sofreu 50.      

veja também