MENU

Após ter carro chutado, Jean vibra com gol e espera começar nova fase

Após ter carro chutado, Jean vibra com gol e espera começar nova fase

Atualizado: Quarta-feira, 15 Junho de 2011 as 9:53

Um dos atletas mais elogiados pelo técnico Paulo César Carpegiani, o polivalente Jean sofreu muito após a eliminação da equipe na Copa do Brasil para o Avaí. Muito criticado pela torcida, teve seu carro chutado por torcedores em protesto no CT da Barra Funda e seu futebol sofreu uma queda de rendimento. No entanto, com a cabeça no lugar e muito trabalho, o camisa 2 soube dar a volta por cima e, contra o Grêmio, deixou sua marca na vitória por 3 a 1, na partida disputada no último sábado, no estádio do Morumbi (reveja o gol) .

Jean acredita que possa ser o início de uma nova fase. Isso porque a sua queda de rendimento coincidiu com muitas chances de gol desperdiças em partidas de vital importância para a equipe. Na semifinal contra o Santos, no Morumbi, o jogador perdeu uma oportunidade incrível quando a partida ainda estava 0 a 0. Contra o Avaí, deixou escapar a chance de dar o empate ao Tricolor quando o time perdia por 2 a 1. Esse resultado seria suficiente para o São Paulo conquistar a classificação.

- Estava buscando esse gol já faz tempo. E chegou no momento em que eu mais precisava, para dar um recomeço, e agora é não cair mais. Chegou a hora e não vamos deixar passar – afirmou o jogador.

Jean sorri com a volta do bom futebol e a campanha do São Paulo no nacional (Foto: Luiz Pires/VIPCOMM)

  Jean falou pela primeira vez sobre o protesto da torcida.

- Foi um problema que já passou. Um fato isolado, vamos dizer assim. Eu estava no barco, estava no time, acabou acontecendo. Jogamos mal, tivemos uma eliminação daquela, mas o importante é que a confiança voltou – ressaltou.

O polivalente acredita que muitos podem estar surpresos com a campanha do São Paulo no Campeonato Brasileiro. Até agora, a equipe tem 100% de aproveitamento, fruto de quatro vitórias em quatro partidas disputadas.

- Talvez seja até uma surpresa, mas trabalhamos forte e buscamos essa virada o mais rápido possível. Foram quatro vitórias boas para o grupo. Devem ter pensado que o São Paulo iria demorar para se encaixar, e agora vamos fazer de tudo para manter bom futebol até o fim - lembrou.          

veja também