MENU

Após título, Alison e Emanuel voltam ao Brasil com lágrimas nos olhos

Após título, Alison e Emanuel voltam ao Brasil com lágrimas nos olhos

Atualizado: Terça-feira, 21 Junho de 2011 as 9:53

O aeroporto internacional do Rio de Janeiro amanheceu dourado. Logo cedo, Alison e Emanuel, a mais recente dupla campeã do mundo no vôlei de praia, desembarcou na cidade carregando troféus e suas medalhas de ouro. Após receber um abraço da esposa, a ex-jogadora Leila, Emanuel, apesar de toda a experiência que carrega, se emocinou muito e garantiu que, apesar de já ter ganho outros dois títulos mundiais, o de Roma acabou sendo diferente e especial.

Após título Mundial, Alison e Emanuel desembarcaram com troféus no Rio  (Foto: Reprodução SporTV)

  - Ser campeão mundial não é uma coisa fácil. Acho que dessa vez me emocionei mais por conta da minha idade (38 anos) e por ter conquistado ao lado do Alison, que ainda é bem mais jovem. Além disso, Roma é uma cidade tradicional para o esporte e isso mexe com a gente. Estou ficando mais emotivo na minha idade - disse o atleta, com os olhos marejados.

Emanuel reencontra a esposa Leila (Foto: SporTV)

  Orgulhoso do troféu que carregava em mãos, Emanuel também fez questão de exaltar todo o trabalho e preparação feita pela dupla até o mundial. Segundo ele, o título e o primeiro lugar no raking são fruto de muito trabalho e dedicação.

- Esse título veio para coroar todo o trabalho que estamos fazendo. Nos preocupamos com todos os lados, inclusive psicológico e emocional. Investimos muito nisso, perdemos nosso carnaval treinando em Saquarema. Saimos campeões porque trabalhos muito e fizemos de tudo para ganhar isso - exaltou Emanuel.

  Aos 25 anos, Alison desembarcou eufórico depois de sua primeira grande conquista na carreira. Para ele, ainda está difícil acreditar.

- Ainda não caiu a ficha de que sou campeão mundial. Todo mundo percebeu minha expressão depois do último ponto, não tive nem reação - disse o jogador, que deixou claro que o título traz ainda mais pressão para a dupla - Agora tempos responsabilidade de campeão.Somos o time a ser batido - completou.

Sobre o parceiro Emanuel, Alison., eleito o melhor jogador do Mundial, fez questão de exaltar o companheiro, a quem tem como um exemplo no esporte.

- É uma emoção única ser campeão ao lado dele, que tem tantos títulos e conquistas individuais. É muito legal, tenho ele como ídolo. Espero um dia ser um atleta como o Emanuel - confessou.

Alison e Emanuel já voltam a treinar no fim desta semana. O próximo desafio da dupla será na Noruega, onde mais uma etapa do Circuito Mundial será disputado.        

veja também