MENU

Após um ano e meio, São Paulo tem chance de voltar a liderar o Brasileiro

Após um ano e meio, São Paulo tem chance de voltar a liderar o Brasileiro

Atualizado: Quarta-feira, 8 Junho de 2011 as 1:41

Juan acredita que o Tricolor poderá assumir a

ponta do Nacional (Foto: Luiz Pires / VIPCOMM)

  A partida desta quarta-feira, contra o Atlético-MG , poderá fazer o São Paulo voltar a ostentar a posição de destaque no Campeonato Brasileiro após um ano e meio. Desde novembro de 2009 a equipe não ocupa a liderança do torneio, o que será alcançado em caso de vitória no duelo desta quarta-feira em Sete Lagoas, às 21h50m. Em caso de empate, mineiros e paulistas se igualariam na primeira colocação, com sete pontos, junto com Corinthians e Palmeiras, mas o Galo levaria a vantagem no saldo de gols.

Os jogadores são-paulinos acreditam que voltar a ser líder dará muita força ao time. Eles ainda não esqueceram totalmente a inesperada eliminação nas quartas de final da Copa do Brasil para o Avaí.

- A liderança, se ela vier, dará moral e confiança, ainda mais se tratando de São Paulo, que sempre entra em todas as competições para vencer. O time está motivado e com muita vontade de jogar, ainda mais porque faz tempo que não entramos em campo. Se temos a oportunidade de brigar pela ponta, temos em que ir com tudo atrás – lembrou o lateral Juan.

Já o atacante Dagoberto lembrou que, ao contrário dos últimos anos, o São Paulo iniciou o Campeonato Brasileiro sem ter outra competição paralela. Por isso, a meta é somar o maior número de pontos possíveis.

- Antes de começar o campeonato, nós comentamos que precisaríamos manter a regularidade em busca do título e da vaga na Libertadores. Fizemos dois jogos, sendo que o primeiro ( 2 a 0 sobre o Fluminense, no Rio ) foi muito bom. Já o segundo não merecíamos ganhar, mas felizmente o resultado veio ( 1 a 0 no Figueirense, no Morumbi ). Vamos enfrentar uma equipe que está muito bem, mas nosso objetivo é de buscar mais uma vitória – ressaltou o camisa 25.

Dagoberto: arrancada no começo pode fazer a diferença na parte final  (Foto: João Neto / VIPCOMM)

  O atacante disse que o time tem tudo para crescer na temporada principalmente porque tem a consciência de que ainda não está agradando.

- O último jogo que fizemos foi horrível (contra o Figueirense), ganhamos com o talento do Lucas, mas não merecemos o resultado. Temos de debater mais as coisas, porque a grande realidade é que fizemos poucos jogos de convencer este ano – lembrou.          

veja também