MENU

Após várias desistências, Adriano finalmente desembarca na Itália

Após várias desistências, Adriano finalmente desembarca na Itália

Atualizado: Quinta-feira, 24 Fevereiro de 2011 as 1:33

O atacante Adriano, do Roma, desembarcou na capital italiana na manhã desta quinta-feira. Ao lado do primo Rafael, o jogador não quis falar com a imprensa no aeroporto, mas tirou fotos com os torcedores que o cercaram imediatamente no saguão.

O Imperador vestia a mesma roupa que saiu do Rio de Janeiro na quarta: calça jeans, camisa azul, um relógio branco no pulso esquerdo e a tipoia no braço direito, resultado da operação que sofreu no ombro em janeiro. A única diferença no visual foi um casaco para se proteger do frio italiano.

Adriano, que seguiu diretamente para a sua casa, é esperado no clube para ter o primeiro contato com o novo técnico, Vincenzo Montella, que assumiu a equipe romana recentemente e estreou com vitória de 1 a 0 sobre o Bologna na quarta.

A ida do atacante para Roma acabou se tornando uma novela. O jogador desembarcou no Brasil no dia 7 deste mês e deveria ter retornado à Itália no último domingo, porém adiou a viagem três vezes e embarcou somente na quarta. Irritado com a imprensa brasileira, disse apenas uma frase para os jornalistas no aeroporto do Rio:

- Vocês inventam muita m. de mim.

Por causa do atraso para se apresentar ao técnico Montella, a diretoria chegou a ameaçar rescindir o contrato de Adriano caso o atleta não chegasse ao clube nesta quinta, segundo a imprensa italiana. Os sites do país encararam a volta do Imperador com dúvidas sobre seu futuro: "O filho pródigo Adriano voltou ao Roma. Mas até quando?", perguntava o "Sky Sport". A página do jornal "La Gazzetta dello Sport" escreveu "Surpresa, Adriano voltou". O "Corriere dello Sport" evitou provocações: "Adriano se apresenta e está à disposição de Montella".

O jogador não entra em campo desde 19 de janeiro, quando sofreu a lesão no ombro e foi substituído no intervalo da vitória sobre o Lazio, pela Copa da Itália. A passagem pelo Brasil começou com polêmica: dois dias depois da chegada, o atleta se recusou a fazer o teste do bafômetro em uma blitz da Lei Seca e teve a carteira de habilitação apreendida, além de ter sido fotografado bebendo cerveja um pouco antes.    

veja também