MENU

Após viagem de 30h, Zé Roberto põe logo a seleção para treinar em Macau

Após viagem de 30h, Zé Roberto põe logo a seleção para treinar em Macau

Atualizado: Quinta-feira, 12 Agosto de 2010 as 11

Viajar 30 horas e ainda ficar 11 à frente do que estão acostumadas. Esse, aliado ao sono, é o maior desafio das meninas da seleção brasileira feminina de vôlei na chegada a Macau, onde entram em quadra nesta sexta-feira para a disputa da segunda semana do Grand Prix 2010. Apesar do cansaço, o técnico José Roberto Guimarães cobra trabalho e uma rápida recuperação para a estreia. O primeiro treino aconteceu apenas quatro horas após o desembarque. O Brasil estreia nesta sexta, às 6h30m (de Brasília), contra a República Dominicana. No sábado, enfrenta a Holanda, às 3h, e no domingo, pega a China, às 4h30m. O SporTV transmite todos os jogos ao vivo.

- É difícil dizer se estarão 100% para a primeira partida. Vamos ver a evolução a cada dia. De qualquer forma, o segredo é a superação. Vamos sentir como elas reagem durante a semana e adequar a preparação. Mas a intenção é manter a rotina normal de treinamentos – disse, por intermédio de assessoria de imprensa. Uma das vítimas do fuso horário, a ponteira Paula Pequeno aponta o início das atividades como o maior obstáculo para espantar o sono.

- Realmente dá uma moleza treinar depois de uma viagem longa e com um fuso horário complicado. O corpo demora a entender. Para o organismo, é hora de descansar. Isso complica um pouco. Mas depois entramos no clima - contou.

Na primeira semana do Grand Prix, em São Carlos-SP, o Brasil venceu dois e perdeu um jogo. Os triunfos sobre China Taipei e Japão foram os dois primeiros jogos. Na despedida, derrota para a Itália. Para Zé Roberto, todos os fundamentos funcionaram nas duas primeiras partidas, sobretudo saque, bloqueio e defesa. Contra as italianas, segundo ele, a seleção cometeu erros que não são comuns.

veja também