MENU

Após vitória, Átila Abreu afirma: 'Tudo aconteceu da melhor forma possível'

Após vitória, Átila Abreu afirma: 'Tudo aconteceu da melhor forma possível'

Atualizado: Segunda-feira, 16 Maio de 2011 as 1:06

Com a vitória em Nova Santa Rita, Átila chegou aos 71 pontos e agora é líder de 2011(Foto:Fernanda Freixosa)

  Bastou um minuto de distração de Thiago Camilo na etapa de Nova Santa Rita, no Rio Grande do Sul. Debaixo de uma chuva forte, o piloto da Vogel Motorsport deu "brecha" e Átila Abreu assumiu a liderança da corrida gaúcha. Logo depois da ultrapassagem, um outro carro entrou na frente do sorocabano: o carro de segurança. Por conta do "dilúvio", a prova foi encerrada e o piloto da AMG Motorsport comemorou sua segunda vitória consecutiva na temporada. Vencedor também na etapa de Ribeirão Preto, a terceira da temporada 2011, Átila agora é líder da classificação geral e já está garantido entre os dez pilotos da SuperFinal. Um resultado muito comemorado pelo esportista de 23 anos.

- Tudo aconteceu da melhor maneira possível. Na largada, eu tive uma contra tempo e perdi uma posição. Depois, cai para quarto. Na relargada, recuperei uma. A corrida foi bem movimentada. Nos boxes, eu passei o Cacá, mas o Thiago assumiu a liderança. Eu tentei poupar um pouco o pneu, porque estava perdendo muita tração. Quando vi que começou a garoar, eu comecei a usar os botões de ultrapassagem e tentei chegar nele. Na última volta começou a chover bem forte, mas eu consegui passar ele. Logo depois veio o carro de segurança, que acabou encerrando a corrida - explicou.

Mesmo com mais essa vitória - a sua terceira na história da Stock Car -, Átila Abreu dividiu os méritos da corrida com todos os pilotos. Segundo o sorocabano, o bom desempenho dos carros e as belas ultrapassagens no autódromo gaúcho acabaram por premiar mais um vencedor na prova.

- Foi uma corrida muito dura. Todos os pilotos aqui (no pódio) estão de parabéns. Eu tenho certeza que o Thiago (Camilo), que estava disputando seu centésima corrida na Stock Car, queria ganhar. Mas foi uma corrida muito disputada e quem ganhou com isso foi o publico, que viu um bom espetáculo aqui em Nova Santa Rita.

Com o resultado na quarta etapa da temporada, o sorocabano chegou aos 71 pontos e já está com sua vaga garantida entre os dez pilotos da SuperFinal. Mesmo assim, o dono do carro 51 da AMG Motorsport não quer saber de relaxamento nas próximas quatro corridas antes dos playoffs: Campo Grande, Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador. Mesmo na liderança da classificação geral, o sorocabano afirma que nada está garantido.

- No playoff muda tudo. Nunca aconteceu, mas você pode entrar em décimo na SuperFinal e acabar campeão. Então, o importante é se classificar bem, de preferência entre os três primeiros. Assim, você tem maiores chances de ser campeão. Eu vou trabalhar para isso: conseguir bons pontos e me classificar bem. Com certeza, o playoff vai ser muito disputado: os pilotos que já estão classificados são muito fortes e são totalmente credenciados ao título - destacou.

Átila largou em segundo, teve problema na corrida, mas acabou vencendo a prova (Foto: Fernanda Freixosa)

  Na etapa de Nova Santa Rita, o piloto do carro 51 recebeu a companhia de Ricardo Sperafico nos boxes. Até a quarta etapa da temporada, a AMG Motorsport ainda não conseguiu acertar um companheiro para o sorocabano. Na corrida de rua de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, o responsável por correr pelo time de Maurício Matos foi o experiente Antonio Jorge Neto. A falta de um parceiro não incomoda Átila, mas o piloto sabe que isso acaba dificultando sua vida na temporada.

- Desde as primeiras etapas, os quatro carros do Meinha (dono da RC e da RCM) estão um passo a frente. Eles estão trabalhando juntos e ajuda bastante isso. Nessa etapa, o Ricardo Sperafico esteve na minha equipe. ele só treinou e acabou nao correndo, por falta de patrocinio. Mas, ele acabou testanto algumas coisas que me ajudaram bastante: eu iria perder tempo de treino para testar essas opções. Então, a ajuda dele foi muito válida. O meu companheiro vai depender de um acerto com a equipe, isso não é da minha alçada. Eu nem penso nisso: a gente está competitivo e assumiu a liderança. É continuar fazendo nosso trabalho para chegar lá na frente brigando pelo título - finalizou.        

veja também