MENU

Argentina: jogadores poderão fazer sexo na concentração

Argentina: jogadores poderão fazer sexo na concentração

Atualizado: Quarta-feira, 26 Maio de 2010 as 4:18

Médico da seleção, Donato Villani diz que não vê problemas em medida a não ser que haja excesso. Somente parceiras fixas estão liberadas

Alívio na seleção argentina: o sexo está liberado durante o período de concentração em Pretória, na África do Sul. A notícia foi dada nesta quarta-feira através do médico Donato Villani, que mostrou-se a favor da medida, desde que não haja excesso. Somente parceiras fixas dos jogadores estão liberadas.

- O sexo faz parte da vida social de todos, e ele em si não é um problema. Os inconvenientes aparecem quando há os excessos, quando envolva álcool, seja com uma pessoa que não é parceira estável, ou em horários que são de descanso - disse Villani, em entrevista à Rádio Del Plata.

Para o médico, o cuidado com o físico dos jogadores pesou na decisão.

- Não podemos negar durante mais de um mês também um churrasco, um copo de vinho ou um pouco de doce, por isso de vez em quando é permitido - afirmou.

A Argentina está no Grupo B do Mundial, ao lado de Nigéria, Grécia e Coreia do Sul. Se conquistar a Copa do Mundo, o técnico Diego Maradona prometeu desfilar sem roupa pelo centro de Buenos Aires.

veja também