MENU

Assim como Mineirinho, Jadson André vence e vai à terceira fase

Assim como Mineirinho, Jadson André vence e vai à terceira fase

Atualizado: Segunda-feira, 13 Setembro de 2010 as 10:46

O Brasil segue com 100% de aproveitamento na sexta etapa do Circuito Mundial de Surfe, em Trestles, na Califórnia. Pouco depois de ver o compatriota Adriano de Souza, o Mineirinho, avançar de forma suada à terceira fase da competição, o potiguar Jadson André repetiu a dose e também garantiu vaga entre os 12 melhores surfistas da primeira fase, sem necessidade da disputar a repescagem. O brasileiro obteve também a maior nota da primeira parcial: 17.03.

Disputando a nona bateria contra o americano CJ Hobgood e o havaiano Dusty Payne, o brasileiro não encontrou dificuldades para derrotar os adversários, diferente de como havia sido com Mineirinho. Jadson precisou de apenas oito ondas, contra dez de Hobgood, e nove de Payne.

Nas primeiras ondas, o potiguar não conseguiu boas notas, tendo superado o americano - o principal rival da bateria - de forma expressiva apenas na quinta onda. Nela, o brasileiro arrancou um 8.6, contra 5.73 do adversário. Logo na sequência, Jadson conquistaria novamente uma nota alta (8.43), enquanto Hobgood teve apenas 1.37. Assim, o potiguar disparou na pontuação e chegou ao fim com 17.03. O americano foi o segundo, com 11.93, e o havaiano, o terceiro, com 10.40.

Mais cedo, os favoritos Mick Fanning, Taj Burrow, Jordy Smith e Kelly Slater também passaram por suas baterias sem dificuldades e carimbaram a vaga para a sequência da disputa na Califórnia.

Vale lembrar que nesta etapa do Circuito Mundial, a organização estreia novo formato na competição. Dos 45 surfistas que faziam parte da elite, apenas 32 participam do evento - somados a outros quatro convidados. Da primeira para a terceira fase avançam 12, e os 24 caem na repescagem (segunda fase), passando 12 em seguida. Após a quarta fase, há uma nova repescagem, e a competição segue normalmente até o fim. Com o corte, o Brasil perdeu dois representantes: os catarinenses Neco Padaratz e Marco Polo.

Os resultados da primeira fase:

1: Chris Davidson (AUS) - 13.33, Dane Reynolds (EUA) - 12.94, Luke Munro (AUS) - 10.33

2: Adriano de Souza (BRA) - 14.50 , Adam Melling (AUS) - 14.46, Brett Simpson (EUA) - 13.83

3: Mick Fanning (AUS) - 14.40, Taylor Knox (EUA) - 13.30, Travis Logie (AFS) - 13.04

4: Taj Burrow (AUS) - 16.10, Patrick Gudauskas (EUA) - 11.70, Gabe Kling (EUA) - 12.67

5: Jordy Smith (AFS) - 15.16, Kai Otton (AUS) - 9.67, Rob Machado (EUA) - 11.47

6: Kelly Slater (EUA) - 13.27, Luke Stedman (AUS) - 10.10, Kolohe Andino (EUA) - 8.43

7: Bede Durbidge (AUS) - 13.26, Jeremy Flores (FRA) - 12.93, Matt Wilkinson (AUS) - 13.50

8: Bobby Martinez (EUA) - 13.33, Michel Bourez (TAH) - 16.24, Daniel Ross (AUS) - 15.23

9: C.J. Hobgood (EUA) - 11.93, Jadson André (BRA) - 17.03, Dusty Payne (HAV) - 10.40

10: Andy Irons (HAV) - 15.04, Tiago Pires (POR) - 12.57, Tom Whitaker (AUS) - 5.23

11: Adrian Buchan (AUS) - 14.47, Owen Wright (AUS) - 13.66, Roy Powers (HAV) - 8.50

12: Fredrick Patacchia (HAV) - 11.26, Damien Hobgood (EUA) - 12.93, Kieren Perow (AUS) - 12.67

veja também