MENU

Ataque brilha, Palmeiras passa fácil pelo Botafogo e volta a ser 2º

Ataque brilha, Palmeiras passa fácil pelo Botafogo e volta a ser 2º

Atualizado: Domingo, 11 Março de 2012 as 6:01

Francisco De Laurentiis, iG São Paulo

Valdivia voltou a ser titular e foi bem. Triunfo ainda teve gols de Maikon Leite, Bueno e Barcos

Jogando bem e controlando o jogo, o Palmeiras conquistou nesse domingo sua 8ª vitória no Campeonato Paulista - a 4ª seguida fora de casa. A equipe alviverde foi a Ribeirão Preto e goleou o Botafogo por 6 a 2, com o ataque em tarde inspirada.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O meia Valdivia, voltando a ser titular, abriu o placar no 1º tempo, que ainda teve gols de Maikon Leite e do argentino Barcos. Na etapa complementar, a equipe do interior diminuiu com o lateral Alessandro, mas Ricardo Bueno anotou em seu primeiro toque na bola e deu nova tranquilidade ao time da capital. No final, Marcos Aurélio marcou mais um para o time tricolor e Juninho fez o quinto gol palmeirense. Nos acréscimos, o goleiro Juninho, do Botafogo, foi expulso após fazer pênalti, que Barcos convertou para dar números finais ao jogo.

Confira a classificação atualizada do Campeonato Paulista

O resultado faz a equipe do técnico Luiz Felipe Scolari encostar no Corinthians na ponta do Paulistão. O time alvinegro só empatou com o Guarani na noite do último sábado e agora tem apenas um ponto de vantagem em relação ao rival alviverde na tabela: 30 contra 29. Já o Botafogo-SP segue seu calvário e entrou novamente na zona da degola: com nove pontos, a equipe do interior está na 17ª colocação.

Na próxima rodada do Estadual, o Palmeiras recebe a Ponte Preta, no estádio do Pacaembu. A partida está marcada para sábado (dia 17), às 18h30 (horário de Brasília). Antes, na quarta-feira, a equipe alviverde joga pela Copa do Brasil, contra o Coruripe, em Maceió-AL. Já o Botafogo-SP segue sua luta contra o rebaixamento no domingo, quando viaja para enfrentar o Bragantino, às 18h30.

O jogo
O Palmeiras começou o jogo acelerado e perdeu um caminhão de gols nos primeiros 20 minutos de partida. A dupla de ataque formada por Maikon Leite e Barcos chegava com muita facilidade à área do Botafogo-SP e só não marcava porque o goleiro Juninho fazia sua melhor partida no Campeonato Paulista. Mas água mole em pedra dura, tanto bate até que fura: Marcos Assunção cruzou da direita e a zaga da equipe ribeirão-pretana mandou contra o patrimônio. Esperto, Valdivia saiu comemorando e ganhou a autoria do gol.

Logo depois, João Vítor foi derrubado na área, mas o árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo não marcou o pênalti claro para o Palmeiras, revoltando o técnico Luiz Felipe Scolari. Mas o time alviverde não se abateu e seguiu em cima: aos 36min, o lateral Juninho deu lançamento espetacular para Maikon Leite, bem posicionado. O camisa 7 driblou a zaga botafoguense e fuzilou para ampliar. Sem levar sustos do Botafogo-SP, o time da capital paulista apenas controlou o jogo e levou o 2 a 0 para o intervalo.

 

Veja fotos da partida entre Botafogo-SP x Palmeiras

 

Maikon Leite, atacante do Palmeiras, tenta superar a marcação adversária

Foto: AE

 

O argentino Barcos, atacante do Palmeiras, daz o domínio observado pelo zagueiro Marquinhos, do Botafogo-SP

Foto: AE

"Barcos

Barcos tenta superar o goleiro adversário

Foto: AE

"Valdivia

Valdivia comemora o primeiro do Palmeiras em Ribeirão Preto

Foto: AE

"Felipão

Felipão coordena o Palmeiras da lateral do campo

Foto: AE

"O

O palmeirense Artur disputa lance na área do Botafogo

Foto: AE

"Valdivia

Valdivia tenta escapar da marcação do lateral Alessandro

Foto: AE

"Autor

Autor do segundo gol do Palmeira no jogo, Maikon Leite lamenta chance desperdiçada

Foto: Gazeta Press

"Maikon

Maikon Leite comemora seu gol com o companheiro Barcos

Foto: AE

No retorno dos vestiários, o Botafogo-SP lançou o atacante Talles Cunha no lugar de Murilo Ceará e tentou diminuir o prejuízo e pressionou o Palmeiras nos primeiros minutos. A equipe de Felipão, porém, logo equilibrou as ações e controlou o ímpeto do adversário. E não demorou para ampliar: Juninho, voando em campo, recebeu pela esquerda e rolou para Valdivia. O chileno deu lindo drible e rolou para Barcos tocar com tranquilidade para o gol. Em seguida, porém, um susto: a equipe tricolor chegou bem à área alviverde e só não diminuiu porque Caíque perdeu chance incrível.

 

 

"Maikon

Maikon Leite e Barcos fizeram a festa em Ribeirão

Foto: AE

Se o jogo já estava fácil para o Palmeiras, ficou ainda mais aos 15min, quando o zagueiro Marquinhos levou o segundo amarelo e deixou o Botafogo-SP com um a menos. Felipão aproveitou para fazer testes e trocou Maikon Leite (suspenso para o próximo jogo) por Daniel Carvalho. O meia, porém, não entrou no mesmo ritmo dos colegas e ainda viu o botafoguense Camilo disparar uma bomba perigosa, para boa defesa de Deola. O goleiro, porém, não pode fazer nada aos 32min, quando o lateral Alessandro recebeu cruzamento e aproveitou a baixa estatura de Juninho para cabecear à queima roupa e diminuir.

 

Cansado, Valdivia deu lugar a Ricardo Bueno, que, apesar de sempre criticado pela torcida palmeirense, acabou entrando para matar o jogo. Logo em seu primeiro toque na bola, ele aproveitou cruzamento de Daniel Carvalho para testar firme e fazer mais um para o Palmeiras em Ribeirão Preto. Na desatenção da defesa alviverde, o Botafogo-SP ainda descontou, com o zagueiro Marcos Aurélio. Mas o Palmeiras marcou mais um com Juninho e viu o goleiro botafoguense Juninho ser expulso após fazer pênalti. Barcos bateu e fechou o placar: 6 a 2.

FICHA TÉCNICA - Botafogo-SP 2 x 6 Palmeiras
Campeonato Paulista 2012 - 13ª rodada
Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto-SP
Data: 11 de março de 2012, domingo
Horário: 16h (horário de Brasília)
Público: 17.947 torcedores
Renda: R$ 666.693,00
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo
Assistentes: Alexandre Basílio Vasconcellos e Rodrigo Soares Aragão
Assistentes: Márcio Jacob e Maria Núbia Ferreira Leite
Cartões amarelos: Murilo Ceará e Marquinhos (BOT); Maikon Leite (PAL)
Cartões vermelhos: Marquinhos (BOT)

GOLS:
BOTAFOGO-SP: Alessandro, aos 32, e Marcos Aurélio, aos 42 minutos do segundo tempo
PALMEIRAS: Valdivia, aos 23, e Maikon Leite, aos 36 minutos do primeiro tempo; Barcos, aos 9, e Ricardo Bueno, aos 35, Juninho, aos 46, e Barcos, aos 49 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO-SP: Juninho; Alessandro, Marcos Aurélio, Marquinhos e Murilo Ceará (Talles Cunha); Leandro Carvalho, Daniel Paulista, Alex e Camilo (Álvaro); Clebinho e Caíque (Reniê) Técnico: Vágner Benazzi

PALMEIRAS: Deola; Artur, Henrique, Leandro Amaro e Juninho; Márcio Araújo, João Vítor, Marcos Assunção (Patrik) e Valdivia (Ricardo Bueno); Maikon Leite (Daniel Carvalho) e Barcos Técnico: Luiz Felipe Scolari

Ajude o Palmeiras a aumentar sua torcida virtual

 


Continue lendo...

veja também