MENU

Ataque garante goleada do Grêmio contra o Veranópolis

Ataque garante goleada do Grêmio contra o Veranópolis

Atualizado: Quinta-feira, 18 Fevereiro de 2010 as 12

Grêmio e Veranópolis constituíram o duelo do melhor ataque contra um time que buscava não sofrer gols. Enquanto a linha de frente do time da serra era a mais positiva do estadual, o time de Silas Pereira queria resolver os problemas defensivos para convencer o torcedor. Valendo-se da máxima: a melhor defesa é o ataque, o treinador do Grêmio sacou Maylson e colocou Leandro desde o início da partida. O Grêmio começou bem, sofreu pressão, voltou a levar gols mas venceu o Veranópolis. Jonas, Borges, Mário Fernandes e Hugo marcaram e o 4 a 2 deu ao time tricolor a classificação para enfrentar o Internacional de Santa Maria na semifinal da Taça Fernando Carvalho.

O time tricolor começou ameaçando, logo aos 9 minutos já abriu o marcador com gol de Jonas. O Veranópolis só passou do meio de campo com a bola dominada aos 13 minutos. Fábio Santos, com muita vontade, avançava e compunha o sistema defensivo com qualidade.

Com a vitória parcial, o Grêmio desacelerou e o Veranópolis cresceu, Victor teve destaque evitando o gol do time da serra. Com os avanços, o Vec deu espaços e o contra ataque passou a ser a principal arma gremista. Exatamente desta forma surgiu o segundo gol. Após uma bola perdida na intermediária de ataque do Veranópolis, Fábio Rochemback tabelou com Jonas e tocou para Borges, o goleador gremista marcou seu décimo gol na temporada, oitavo no Campeonato Gaúcho.

Perdendo por 2 gols de diferença, o Veranópolis esmoreceu e o Grêmio poderia até ter marcado o terceiro com Leandro. Ao final do primeiro tempo, diferente dos últimos jogos, em vez de vaias, o que se ouviu vindo das arquibancadas do Olímpico foram aplausos. O único jogador que segue perseguido pelos gremistas é Ferdinando, que foi xingado pelos aficionados na saída de campo.

No segundo tempo o Grêmio manteve a postura ofensiva. Silas avisou no retorno que Leandro não aguentaria mais 45 minutos. O torcedor apoiava o time, mas seguia pegando no pé de Ferdinando, a cada passe errado do ex-jogador do Avaí, o pedido em coro era por William Magrão.

Mesmo vencendo, as oportunidades seguiam aparecendo para o Grêmio, porém, em um erro individual de Fábio Rochemback, o Veranópolis descontou. O volante perdeu a bola no meio de campo e Marcos Paraná marcou em jogada de contra ataque. O objetivo de não sofrer gols não foi cumprido.

O gol do Veranópolis perturbou o Grêmio. O torcedor estendeu as vaias que eram somente para Ferdinando até o técnico Silas. "Burro, burro, burro", era o coro das arquibancadas.

A tranquilidade só voltou ao estádio Olímpico aos 37 minutos do segundo tempo, quando Mário Fernandes marcou o terceiro gol gremista. A partir deste momento o time de Silas procurou fazer o tempo passar. Hugo ainda marcou mais um no contra ataque. O último gol gremista contou com uma grande jogada de Borges, que driblou 3 marcadores e rolou com precisão para o chute de primeira de Hugo.

Com o jogo na mão, ao final da partida, ocorreu um lance que não é comum. Em um chute de longe, despretensioso, Victor falhou e o Veranópolis marcou o segundo com Romano.

A semifinal da Taça Fernando Carvalho está marcada, inicialmente, para este sábado, às 19h30, no estádio Olímpico. O Grêmio terá pela frente o Internacional de Santa Maria que venceu o São José no estádio Passo da Areia.

Por: Marinho Saldanha

veja também