MENU

Atlético-GO segura o Coxa, aproveita falha e vence no Couto Pereira

Atlético-GO segura o Coxa, aproveita falha e vence no Couto Pereira

Atualizado: Segunda-feira, 23 Maio de 2011 as 8:24

                                             O Atlético-GO começou o Campeonato Brasileiro com o pé direito. Mais precisamente com a pontinha do pé direito de Marcão, que fez o único gol do Dragão na vitória sobre o Coritiba na tarde deste domingo, no Estádio Couto Pereira. O camisa 9 rubro-negro aproveitou cruzamento do lateral-esquerdo Thiago Feltri e fez 1 a 0 para o Atlético-GO, aos 28 minutos do segundo tempo.

O Coritiba, que entrou em campo com o zagueiro Cleiton no lugar do machucado Demerson e o atacante Bill no de Leonardo, teve quatro chances claras para abrir o placar antes de levar o gol. Porém, o goleiro Roberto, que tinha substituído Márcio ainda na etapa incial, fez ótimas defesas e garantiu o resultado.     Pela segunda rodada do Brasileirão, o Coritiba visita o Corinthians, às 16h de domingo, na Fonte Luminosa, em Araraquara-SP. Antes, o time recebe o Ceará, pela semifinal da Copa do Brasil, em partida marcada para 21h50m de quarta-feira, no Couto Pereira. Já o próximo compromisso do Atlético-GO é contra o Fluminense, às 18h30m de domingo, no Serra Dourada, em Goiânia.     Muitos passes errados e nenhum gol   O Coritiba foi o único semifinalista da Copa do Brasil que não poupou titulares na primeira rodada do Brasileirão. Diferentemente de Avaí, Ceará e Vasco, o Alviverde paranaense entrou com força máxima para pegar o Atlético-GO. E o time de Marcelo Oliveira partiu para o ataque para garantir a vitória já nos primeiros minutos, mas Anderson Aquino perdeu ótima chance. O Dragão equilibrou a partida e respondeu com Felipe, que bateu para a defesa de Edson Bastos.

O número de passes errados aumentou, o ritmo do jogo caiu e a disputa ficou concentrada ao meio-campo. Num raro momento de perigo à meta goiana, Bill dividiu com Márcio, que sentiu dores no ombro. Ele tentou permanecer, mas não aguentou e teve de ser substituído por Roberto. A mudança parece ter dado ânimo ao Coritiba. Léo Gago bateu de longe, mas pegou mal. Na sequência, chutou rasteiro e Roberto fez a primeira defesa dele no jogo.

A pressão do Coritiba, aparentemente cansado, não durou muito tempo. O Atlético-GO, com três volantes e apenas Vítor Júnior na armação das jogadas, também tinha dificuldades para chegar ao gol adversário. O time do centro-oeste abusava dos cruzamentos, mas Felipe e Marcão não superaram a defesa alviverde. Em um rebote, Anderson finalizou por cima e desperdiçou a última chance da etapa inicial.     Coxa pressiona; Dragão vence     O segundo tempo começou como o primeiro: os dois times erravam muitos passes e tinham dificuldades para chegar ao gol adversário. Bill, de cabeça, chegou a balançar a rede, mas o auxiliar assinalou o claro impedimento do atacante alviverde. Para tentar mudar o panorama da partida, os técnicos começaram a alterar os times. PC Gusmão trocou o volante Ramalho pelo meia Preto. Marcelo Oliveira respondeu com as entradas de Willian e Geraldo nos lugares de Jonas e Lucas Mendes.

O jogo ficou mais aberto, mas os dois times seguiam com dificuldades para criar lances de perigo. Tanto Coritiba quanto Atlético-GO ameaçavam apenas em cruzamentos, mas a defesa levava a melhor. Numa falha defensiva do Dragão, Rafinha tocou de cabeça para Bill, que desviou, mas Roberto saltou com a ponta dos dedos. O lance acordou o Coritiba, que teve outra chance clara com Rafinha. Ele passou por três marcadores e bateu forte, para nova defesa do goleiro. Roberto voltou a aparecer em finalizações de Bill e Léo Gago.

Após cinco minutos de pressão alviverde, o Dragão abriu o placar. Pela esquerda, onde o volante Willian atuava improvisado, Thiago Feltri cruzou para Marcão, que deu um leve desvio para fazer Atlético-GO 1 a 0. O Coritiba tentou a reação, mas a melhor chance foi do Dragão: Felipe chutou cruzado e acertou a trave de Edson Bastos. Agora, o Coritiba volta as atenções para a semifinal da Copa do Brasil. O Atlético-GO comemora o bom início e já pensa no Fluminense, adversário do próximo fim de semana.            

veja também