MENU

Atlético-MG confirma acerto com diretor de futebol Eduardo Maluf

Atlético-MG confirma acerto com diretor de futebol Eduardo Maluf

Atualizado: Quinta-feira, 24 Junho de 2010 as 10:03

Eduardo Maluf é o novo diretor de futebol do Galo

(Foto: Rodrigo Fuscaldi / Globoesporte.com)  

Após alguns dias de negociação com Atlético-MG e Palmeiras, Eduardo Maluf, ex-diretor de futebol do Cruzeiro, decidiu permanecer em Belo Horizonte e acertou com o Galo, arquirrival celeste. No novo clube, ele também ocupará o cargo de diretor de futebol ao menos até dezembro de 2011, quando termina seu contrato. A apresentação oficial do dirigente será às 16h desta quarta-feira. Segundo a nota oficial divulgada pelo presidente Alexandre Kalil, Maluf se dedicará ao clube em tempo integral e trabalhará ao lado do técnico Vanderlei Luxemburgo. O Galo já havia tentado contratar o dirigente em novembro de 2008, quando Kalil assumiu a presidência do clube. Porém, como estava no Cruzeiro, Maluf declinou do convite.

O diretor de futebol já trabalhou no Galo no ano 2000, na época, presidido por Nélio Brant. Além das passagens pelos dois clubes rivais - Maluf trabalhava no Cruzeiro há 11 anos -, o dirigente também foi presidente do Valério de Itabira e, atualmente, trabalha também como consultor de um fundo de investimentos ligado ao futebol.

Curiosamente, durante o último Campeonato Mineiro, Eduardo Maluf e Alexandre Kalil bateram boca pela imprensa. Na época, o presidente do Atlético-MG reclamou que o Estadual estava desmoralizado, e que o torneio não importava para o Galo, independentemente do resultado final.

Imediatamente Maluf retrucou dizendo que o Campeonato Mineiro é a competição mais lucrativa para Atlético-MG e Cruzeiro, ficando atrás apenas das finais da Taça Libertadores. Alexandre Kalil não deixou por menos e falou que não iria bater boca com funcionário de clube nenhum e que só conversaria com pessoas que tivessem o mesmo cargo hierárquico, ou seja, com presidentes.

Eduardo Maluf foi desligado do Cruzeiro no dia 31 de maio. Ex-diretor das categorias de base da Raposa, Dimas Fonseca assumiu o seu lugar.

No fim de 2008, outro caso parecido movimentou a rivalidade entre clubes do mesmo estado. Paulo Carneiro, que presidiu o Vitória de 1991 a 2005, assumiu a gerência de futebol do Bahia. No entanto, a passagem do dirigente pelo rival não durou muito. Em outubro do ano passado, ele foi demitido.     Por GLOBOESPORTE.COM Belo Horizonte fonte: globo.com MCS

veja também