MENU

Atlético-MG goleia por 7 a 1 o América-TO

Atlético-MG goleia por 7 a 1 o América-TO

Atualizado: Domingo, 17 Abril de 2011 as 7:27

O Galo não teve dificuldades ao enfrentar o América TO e venceu a equipe de Teófilo Otoni, por 7 a 1. O Dragão do Corcovado chegou a Sete Lagoas com a fama de ser um adversário dos mais complicados, que vinha de cinco vitórias consecutivas e já classificado para as semifinais do Campeonato Mineiro. Porém, a equipe da casa atropelou os adversários, com gols de Magno Alves (3), Mancini, Renan Oliveira (2) e Giovanni Augusto. Jonatas Obina descontou para o América TO.

Magno Alves comemora o primeiro gol do Atlético-MG (Foto: Flickr do Atlético-MG) O confronto ainda foi marcado pelas várias contusões. Leandrinho e Jadson, pelo América TO, e Jackson, pelo Galo, deixaram o gramado com entorses no joelho. A contusão do jogador atleticano, a propósito, preocupa os médicos. A torção foi grave, e os exames serão realizado durante a semana.

Com o resultado, o Atlético-MG, segundo colocado, com 26 pontos, enfrentará o América-MG nas semifinais. Os jogos deverão ser realizados na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. A primeira partida já será disputada no próximo fim de semana. As datas e horários serão confirmados nos próximos dias pela FMF.

Show de bola

Atlético-MG e América TO começaram o jogo em um ritmo alucinante. Antes mesmo dos 10 minutos, várias chances de gol já haviam sido criadas, de ambos os lados. O Galo, porém, era mais objetivo, e por isso foi premiado com o gol. Magno Alves fez boa jogada e bateu de fora da área. O atacante atleticano ainda contou com a colaboração do goleiro Eládio para abrir o placar em Sete Lagoas.

O segundo gol não demorou. E foi um golaço! Magno Alves tocou para Giovanni Augusto, que havia entrado na vaga de Jackson, que saiu machucado. O meia, dentro da área, deu um lindo passe de letra para Mancini marcar. Foi o primeiro do atacante, desde que voltou para o Atlético-MG.

Os gols do Galo desnortearam o América TO, que ficou totalmente perdido em campo. O time alvinegro continuava muito superior, criando boas jogadas e envolvendo totalmente o adversário. O Atlético-MG, assim, marcou o terceiro gol, aos 36 minutos. Renan Oliveira fez jogada individual e bateu rasteiro, cruzado, sem chances para Eládio.

O Galo administrou os minutos finais do primeiro tempo, tocando a bola no campo de ataque. Bela exibição do time de Dorival Júnior nos primeiros 45 minutos.

Tarde inspirada

O segundo tempo começou da mesma forma que o primeiro. O Atlético-MG não perdeu o apetite no intervalo e voltou em cima do América TO, atacando com a mesma voracidade. Um futebol tão ofensivo só poderia ser premiado com gols. Aos 10 minutos, Renan Oliveira tabelou com Magno Alves e bateu na saída de Eládio para fazer mais um para o Galo.

Dois minutos depois, foi a vez de Giovanni Augusto marcar. O passe veio novamente de Magno Alves. O jovem meia recebeu e bateu no ângulo. Foi o primeiro gol de Giovanni com a camisa do Atlético-MG.

O América TO deu o ar da graça apenas aos 24 minutos. Jonatas Obina recebeu cruzamento na área e, de cabeça, fez o gol de honra do time do Vale do Mucuri. A reação do time de Teófilo Otoni, no entanto, parou por aí, mas os gols não. O Galo fez o sexto, novamente com Magno Alves. O atacante recebeu a bola, passou por um marcador e tocou na saída de Eládio: 6 a 1.

No fim, aos 43 minutos, Magno Alves ainda fez mais um. O atacante recebeu na entrada da área, enganou Eládio, e bateu no canto esquerdo do goleiro. Era o sétimo do Galo.

A bela exibição do Atlético-MG foi corada com os gritos de olé da torcida, nos minutos finais. Os atleticanos, enfim, voltaram pra casa orgulhosos do time.   Por Marco Antônio Astoni Sete Lagoas, MG

veja também