MENU

Atlético-MG massacra o Vasco no Mineirão

Atlético-MG massacra o Vasco no Mineirão

Atualizado: Segunda-feira, 1 Dezembro de 2008 as 12

Atlético-MG massacra o Vasco no Mineirão

Galo deixa cariocas mais pertos da zona de rebaixamento

Em partida antecipada da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG não teve dificuldades para golear o Vasco nesta quarta-feira, dia 12, por 4 a 1, no Mineirão. Com o resultado, o Galo chegou aos 47 pontos e subiu da 12.ª para 10.ª posição na tabela, entrando definitivamente na briga por uma vaga na Copa Sul-Americana de 2009. Já para a equipe cruzmaltina, o revés pode significar a volta à zona de rebaixamento para a Série B. O time do técnico Renato Gaúcho permanece em 15.º lugar, com 37 pontos, e no fim de semana, no complemento da rodada, poderá ser ultrapassado pelos adversários na luta contra o descenso.

O jogo

Com objetividade e criatividade nas ações ofensivas, o Galo construiu a terceira vitória consecutiva no campeonato ainda no primeiro tempo. Sem dar chances para o time carioca, o Atlético levou perigo ao gol de Rafael desde o primeiro minuto de jogo. Aos 10, após articulação entre o atacante Marques e o meia Renan Oliveira, o boliviano Castillo recebeu na entrada da pequena área e com tranqüilidade fez 1 a 0 para a equipe da casa.

Sem demonstrar poder de reação, o Vasco só chegou com perigo ao gol atleticano aos 25 minutos. Mas aos 31, Renan Oliveira fez bela jogada pelo lado esquerdo, tabelou com o meio-campista Elton, e tocou na saída de Rafael: Atlético 2 a 0.

Na volta do intervalo, o Vasco, mais determinado e com um zagueiro a menos - Eduardo Luiz foi substituído pelo meio-campista Leandro Bonfim -, ameaçou a vantagem do time mineiro.

Porém, aos 12 minutos, o árbitro Leandro Vuaden marcou pênalti em Castillo. O zagueiro Leandro Almeida cobrou e ampliou para o Galo. Pouco depois, aos 17 minutos depois, novamente cobrando pênalti, o mesmo Leandro Almeida marcou o quarto.

Os mais de 42 mil torcedores pagantes do Atlético que compareceram ao Mineirão pediam que o time desse o troco da goleada por 6 a 1 sofrida no primeiro turno.

Mas foi o Vasco que descontou, aos 24 minutos, em cobrança de falta do meio-campista Madson. No final, o time carioca ainda teve a chance do segundo, mas o atacante Leandro Amaral chutou fora do gol a cobrança de pênalti.

veja também