MENU

Atlético-MG recebe o Iape-MA em jogo que estava fora dos planos

Atlético-MG recebe o Iape-MA em jogo que estava fora dos planos

Atualizado: Quarta-feira, 2 Março de 2011 as 9:35

Atlético-MG e Iape-MA fazem um jogo que não estava nos planos de nenhum dos dois times. Afinal, o esperado era que o Galo vencesse o primeiro jogo, em São Luís, semana passada, por pelo menos dois gols de diferença. O placar de 3 a 2 foi insuficiente para eliminar o jogo de volta, conforme prevê o regulamento da Copa do Brasil, e os dois voltam a campo nesta quarta-feira, às 21h (de Brasília), na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, para decidir a vaga na segunda fase da competição.

O Galo joga pelo empate, e pode perder por um gol de diferença, desde que sofra no máximo dois. Uma vitória do Iape-MA por 3 a 2, leva a decisão para os pênaltis. Caso o time maranhense vença por dois ou mais gols de diferença, ele se classifica. O vencedor deste confronto enfrenta o Grêmio Prudente, que eliminou o Iraty-PR, na primeira fase.     O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances da partida, em Tempo Real. O jogo terá arbitragem de Wagner dos Santos Rosa (RJ), que será auxiliado por Jackson Massarra dos Santos (RJ) e Luiz Muniz de Oliveira (RJ).

Atlético-MG: O Galo foi um dos times que mais investiu para a temporada 2011. Foram 11 contratações. A Copa do Brasil é a principal disputa do clube no primeiro semestre do ano e ser eliminado pelo Iape-MA seria uma verdadeira tragédia, já que o Atlético-MG é considerado um dos favoritos da competição.

Iape-MA: O Iape-MA ainda pode ser considerado um desconhecido do futebol brasileiro. Com menos de três anos de existência, a equipe do Maranhão jogará muito mais do que uma classificação nesta quarta-feira. Uma vitória sobre o Galo pode colocar o time do presidente de honra Pereirinha no mapa da bola. Se já surpreendeu quando levou a decisão para o segundo jogo, os maraenhenses não terão, definitivamente, nada a perder em Sete Lagoas. Com muita motivação, a expectativa será ver ‘o canário vestido de zebra’, segundo seu o folclórico.

Atlético-MG: Richarlyson e Leandro estão fora da decisão contra o Iape-MA. O volante cumpre o quarto jogo de cinco previstos, por uma expulsão, ainda quando jogava pelo São Paulo, no Brasileirão de 2010. Já o lateral sentiu uma tendinite no joelho direito e será substituído por Eron. Magno Alves volta ao time titular no lugar de Neto Berola. Provável time: Renan Ribeiro; Jackson, Réver, Werley e Eron; Zé Luís, Serginho, Ricardinho, Renan Oliveira; Diego Tardelli e Magno Alves.

Iape-MA: O técnico Cabrera ficou satisfeito com a atuação da equipe na primeira partida e vai fazer poucas modificações. A única mudança deve ser na ala esquerda: sai Bruno Paiva e entra Tica. Segundo o treinador, a substituição terá o intuito de exercer uma marcação mais forte no setor. Desta forma, a equipe do Iape deve ir a campo com: Flauberth; Daniel, Carlinhos e Hans Muller; Arcinho, Pires, Curuca, Válbson e Tica; Vanvan e Róbson.

Atlético-MG: Eron não disputa uma partida pelo clube desde outubro de 2010, quando o Galo venceu o Avaí, por 2 a 0, e o jogador só atuou em parte do primeiro tempo, já que saiu sentindo dores na coxa. De lá pra cá, já entrou na Justiça contra o clube, fez um acordo e acertou um novo contrato. Agora, Eron só pensa em jogar futebol. Segundo ele, está em plena forma física, atingindo a velocidade de até 18 km/h.

Iape-MA: O atacante Vanvan foi o autor dos dois gols da equipe maranhense na primeira partida, e, além disso, deu muito trabalho para a defesa atleticana. Para completar, está em negociações com o Cruzeiro, maior rival atleticano, e, segundo o presidente do clube, já ficará em Belo Horizonte depois da partida desta quarta-feira. Após umas semana tão especial, o atacante do Iape deve dar tudo nesta partida para tentar alegrar duas torcidas: a maranhense e a celeste.

Réver, zagueiro do Atlético-MG: 'A gente tem que estar tranquilo. Lá no Maranhão, o Iape-MA jogou um pouco recuado, mas aqui eles vão ter que sair para o jogo, até porque eles estão com o resultado contra. Então, isto pode facilitar o trabalho pra gente. Acho que a obrigação, pela grandeza do Atlético-MG, é de ir pra cima e tentar controlar e resolver o jogo o quanto antes'.   Cabrera, técnico do Iape-MA: ‘O intuito é fazer um grande jogo. A gente sabe que o Atlético-MG é uma grande equipe. No primeiro jogo, como ninguém conhecia o Iape, achavam que seria uma galinha morta. Mas trabalhamos bem lá, perdemos o jogo, mas fomos bem. E vamos aqui com o mesmo espírito. Vamos tentar fazer um grande jogo e tentar a vitória’.

* O Atlético-MG jamais foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil. Nas piores participações, a equipe caiu apenas na segunda fase: Bahia (1999), Goiás (2001) e Santo André (2004).

* O Galo tem um bom desempenho contra equipes do Nordeste pela Copa do Brasil. Em 37 jogos, a equipe venceu 23, empatou cinco e perdeu apenas nove. O time ainda sofreu quatro eliminações para times nordestinos: Bahia (1999), Sport (2003), Ceará (2005), Vitória (2009).

* A melhor participação de uma equipe maranhense na Copa do Brasil ocorreu em 2000. Na oportunidade, o Maranhão chegou à terceira fase da competição, mas foi eliminado pelo Fluminense-RJ.

* Fundado em 2008, o Instituto de Administração e Projetos Educacionais é o clube mais novo da Copa do Brasil 2011. A equipe de São Luís, capital do Maranhão tem uma história curiosa. O fundador e atual presidente de honra, Antônio Isaías Pereira, o Pereirinha, era vice-presidente do Sampaio Corrêa, e resolveu criar um projeto social para escolhinhas de futebol, o Instituto Amigos do Pereirinha, que tem na sigla o IAPE. No ano seguinte, Pereirinha transformou o projeto em clube profissional, agora com o nome atual.

  Os dois times se enfrentaram quarta-feira passada, em São Luís, pelo jogo de ida da primeira fase da Copa do Brasil. O Atlético-MG venceu por 3 a 2, mas saiu de campo reclamando demais da arbitragem do paraense Andrey Silva, que validou dois gols ilegais do IAPE-MA. Renan Oliveira, Diego Tardelli e Ricardo Bueno marcaram os gols do Galo, enquanto Vanvan fez os dois do Canário da Ilha.      

veja também