MENU

Ausência de Drogba mostra deficiência no ataque marfinense

Ausência de Drogba mostra deficiência no ataque marfinense

Atualizado: Quarta-feira, 9 Junho de 2010 as 2:02

Didier Drogba, considerado um dos atacantes mais perigosos do mundo, não viajou junto com a delegação da Costa do Marfim para o jogo contra o Lausanne, nesta terça-feira (8), em Nyon, região oeste da Suíça. Operado no mesmo país no sábado (5), o jogador não apareceu em nenhum momento entre seus companheiros no empate por 1 a 1 de seu time com a equipe suíça de segunda divisão.

O jogador sofreu uma pequena fratura no antebraço esquerdo no amistoso contra o Japão na semana passada, e corre para se recuperar a tempo de disputar a Copa do Mundo na África do Sul. A federação de futebol da Costa do Marfim havia dito anteriormente que o atacante estaria junto com o grupo em Nyon, mas Drogba ficou longe das câmeras.

O atleta do Chelsea  fez muita falta na partida contra o Lausanne. A equipe marfinense dominou o confronto, mas perdeu uma enorme quantidade de gols contra o fraco elenco suíço. O time da casa saiu na frente no placar, com gol de cabeça no primeiro tempo do zagueiro Guillaume Katz.

Em ritmo lento, a Costa do Marfim pressionou e evitou o vexame com Gervinho, que joga no Lille no campeonato francês. O técnico Sven Goran Eriksson testou todos os seus atacantes no lugar de Drogba, mas a pontaria ruim mostrou que nenhum deles deve substituir de forma satisfatória o atacante de 32 anos.

Após duas semanas treinando nos Alpes Suíços, a Costa do Marfim desembarca até o próximo fim de semana na África do Sul. A seleção de Eriksson tem a opção de cortar Drogba e convocar outro jogador até o dia 14 (próxima segunda-feira), um dia antes da estreia da equipe contra Portugal, no Grupo G, que também conta com Brasil e Coreia do Norte.

A seleção brasileira enfrenta os marfinenses no dia 20 de junho.

veja também