MENU

Bahrein pagará por GP mesmo se cancelar prova, diz Ecclestone

Bahrein pagará por GP mesmo se cancelar prova, diz Ecclestone

Atualizado: Sexta-feira, 2 Março de 2012 as 7:39

Gazeta

Indecisão sobre corrida no país existe desde o início do ano

A realização do GP do Bahrein continua em xeque, embora a data esteja marcada no calendário da Fórmula 1 para o dia 22 de abril e o dinheiro referente à taxa da prova tenha sido depositado na Formula One Management (FOM). Bernie Ecclestone, o chefão da categoria, afirmou que mesmo se a prova for cancelada, o valor da taxa não será devolvido ao país. 

Leia também: Romain Grosjean domina testes pelo segundo dia consecutivo

Ecclestone é um dos defensores da realização da prova no país do Oriente Médio, apesar da crise política, que causa insegurança para os pilotos e equipes da Fórmula 1. O GP do Bahrein foi cancelado no último ano e a indecisão sobre uma nova anulação segue desde o início de 2012.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Para aumentar ainda mais a polêmica, o dirigente máximo da categoria afirmou que não haverá devolução do dinheiro em caso de cancelamento. “Eles vão pagar mesmo se não houver corrida. O dinheiro já está no banco”, acrescentou o dirigente, explicando que a realização da corrida não depende de fatores financeiros.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Temos um contrato com eles e estamos respeitando o contrato”, encerrou Ecclestone.


Continue lendo...

veja também