MENU

Banco forte: Gomes diz que precisará de remédios para dor de cabeça

Banco forte: Gomes diz que precisará de remédios para dor de cabeça

Atualizado: Sexta-feira, 13 Maio de 2011 as 11:23

Depois de sofrer o 1 a 0 do Atlético-PR e ver a classificação na Copa do Brasil ameaçada, o Vasco conseguiu empatar a partida e assegurou a ida para a semifinal. O gol saiu de dois jogadores que entraram durante a partida. Fagner, que havia substituído Allan, cruzou para a cabeçada certeira de Elton, que entrou na vaga de Diego Souza. Após o jogo, o técnico Ricardo Gomes elogiou as opções que têm em seu elenco.

O comandante cruz-maltino reconheceu que suas dores de cabeça têm aumentado na hora de escalar o time. Nesta quinta, a equipe não pôde contar com Alecsandro e Ramon, que estavam suspensos. Gomes disse que sente motivação em todos seus atletas, mesmo os que não começam entre os 11.

- As dúvidas e dores de cabeça vão aumentando. Vou ter que pedir uma fileira de medicamentos para os médicos (risos). Mas não estou reclamando, é melhor do que não ter o que administrar. O Allan saiu cansado, o Fagner entrou e fez o cruzamento para o Elton. É bom para mim. O Marcio Careca também fez uma boa partida. Isto é o sinal do trabalho, do comprometimento. Sinto a vibração de todos, eles querem estar juntos.

Ricardo Gomes lembrou que não contou com Romulo, que sentiu dores na coxa direita e teve que ser substituído por Fellipe Bastos de última hora. Ele acredita que o time não perdeu o equilíbrio.

- Conseguimos uma estabilidade defensiva sem o Romulo, que era quem fazia esta função.

O adversário do Vasco na semifinal da Copa do Brasil será o Avaí. O primeiro jogo será em São Januário, na próxima quarta.        

veja também