MENU

Barcelona vence o Panathinaikos e avança às oitavas

Barcelona vence o Panathinaikos e avança às oitavas

Atualizado: Quinta-feira, 25 Novembro de 2010 as 9:27

De pé em pé, o Barcelona faz as simples jogadas se tornarem bonitas para o espectador. Com a plasticidade do rápido toque de bola, os catalães envolveram o Panathinaikos no estádio OACA Spiros Louis, em Atenas, e garantiram a primeira colocação no Grupo D com convincentes 3 a 0. Pedro Rodríguez marcou duas vezes, mas foi Lionel Messi o autor do gol da noite, em jogo válido pela quinta rodada. Tudo isso às vésperas do grande clássico do ano, contra o não menos encantador Real Madrid, de José Mourinho e Cristiano Ronaldo, na próxima segunda-feira, no Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol.

Com 11 pontos, a equipe dos brasileiros Adriano, que teve boa atuação, Daniel Alves e Maxwell não pode mais ser alcançada por Copenhague, com sete, ou Rubin Kazan, com seis. Ambos definirão o dono da segunda vaga no próximo dia 7, já que os russos continuaram vivos ao derrotarem os dinamarqueses também nesta quarta. A vatangem é do Copenhague, que só precisa de uma vitória contra os gregos, lanternas da chave. O time do brasileiro Carlos Eduardo depende de um tropeço e ainda têm de derrotar o atual campeão espanhol.

Monólogo catalão

O primeiro tempo não chegou a ser uma obra de arte do Barcelona, algo longe dos 8 a 0 com cinco gols na etapa inicial no último sábado, diante do frágil Almería. Mas os 73% de posse de bola, fora de casa, indicaram um grande domínio territorial dos catalães sobre o Pana, que tinha o técnico português Jesualdo Ferreira no banco de reservas como novidade.

Os primeiros minutos, no entanto, não foram fáceis. Tanto que a única chance surgiu do outro lado. Aos 19, Cissé foi lançado livre, aproveitando falhas de posicionamento de Piqué e Puyol, mas chutou em cima de Valdés, que defendeu com a mão esquerda.

A resposta veio aos 25 no tom certo. Praticamente sem concluir, Adriano cortou a marcação para o meio e emendou de direita, obrigando a Tzorvas trabalhar. O gol saiu no minuto seguinte. Pedro tabelou com Daniel Alves e, já na grande área, chutou cruzado, de direita.

A superioridade era tamanha que dos 36 até os 45 foram outras cinco chances de gol, mas a etapa inicial terminou mesmo com o placar mínimo após Villa e Messi desperdiçarem boas chances.

Linha de passe

O ritmo seguiu o mesmo no segundo tempo. Sem dificuldades para impor seu jogo, o Barcelona foi chegando com perigo principalmente pelo lado esquerdo, onde Adriano se destacava. Foi dele outro chute de direita, aos seis, que Tzorvas insistiu em defender. Pedro também ficou no quase aos 15.

Foi aí que apareceu a magia coletiva. Aos 17, em linda troca de passes, a equipe do técnico Pep Guardiola ampliou. Daniel Alves, Xavi, Iniesta e Adriano tocaram na bola em poucos segundos antes de Messi concluir na grande área. Golaço. O terceiro saiu na sequência, em lance menos plástico. Iniesta tocou para Daniel Alves e recebeu preciso lançamento. O herói espanhol na Copa do Mundo tocou para trás. Pedro bateu com força e definiu a classificação incontestável. Que venha o Real Madrid.

Confira a quinta rodada completa:

Grupo E

Roma 3 x 2 Bayern de Munique

Basel 1 x 0 Cluj

Grupo F

Spartak Moscou 0 x 3 Olympique

Chelsea 2 x 1 Zilina

Grupo G

Ajax 0 x 4 Real Madrid

Auxerre 0 x 2 Milan

Grupo H

Braga 2 x 0 Arsenal

Partizan 0 x 3 Shakhtar Donetsk

Quarta-feira

Grupo A

Tottenham 3 x 0 Werder Bremen

Inter de Milão 1 x 0 Twente

Grupo B

Schalke 04 3 x 0 Lyon

Hapoel Tel Aviv 3 x 0 Benfica

Grupo C

Valencia 6 x 1 Bursaspor

Rangers 0 x 1 Manchester United

Grupo D

Rubin Kazan 1 x 0 Copenhague

Panathinaikos 0 x 3 Barcelona

veja também