MENU

Barrichello: 'A Williams tem 100% de confiança no que falo sobre o carro'

Barrichello: 'A Williams tem 100% de confiança no que falo sobre o carro'

Atualizado: Quinta-feira, 12 Agosto de 2010 as 10:55

O casamento vai muito bem, obrigado. É isto que a expressão e as palavras de Rubens Barrichello deixam muito claro quando ele resolve falar da Williams, sua equipe nesta temporada. Em entrevista no "Barrichello Kart Day", evento organizado pelo piloto da Williams no Kartódromo Granja Viana, em Cotia, na Grande São Paulo, o brasileiro ressaltou a importância da confiança que o time inglês deposita em seu trabalho, que envolve até avaliações no túnel de vento.

- A equipe tem me utilizado da melhor forma possível. A Williams tem cem por cento de confiança no que falo sobre o carro. A partir do momento em que conseguimos seguir esta linha, principalmente no túnel de vento, tudo melhorou demais. Não que os outros times pelos quais passei tenham feito isto, mas eles dividiam um pouco o processo de análise dos dados. É difícil falar quando a Williams volta a vencer, mas a evolução que tivemos neste ano foi muito notável. O orgulho maior é que as minhas informações não serviram só para mim: meu companheiro (Nico Hulkenberg) também cresceu. É o rumo certo - disse Barrichello.

Apesar das férias da Fórmula 1, Barrichello continua empolgado com a Williams. Mesmo com as fábricas fechadas, o brasileiro mandou um e-mail para os engenheiros da equipe, pedindo algumas modificações após a pausa de verão.

- Estou feliz e orgulhoso por participar disso. Hoje (terça) de manhã, fiz um e-mail muito grande para a equipe. Eles estão voltando das férias daqui a pouco, já que as fábricas estão fechadas por duas semanas em agosto. Mas, no retorno, eles terão um e-mail gigante com coisas que acho fundamentais para a melhora.

Na pista, o trabalho também vai bem. A ultrapassagem sobre Michael Schumacher na Hungria, quando o alemão jogou Barrichello no muro, repercutiu bem não apenas na imprensa mundial. Em uma das imagens liberadas na semana seguinte do GP da Hungria, o sorriso de Frank Williams, fundador do time, impressiona. O brasileiro diz que este tipo de manobra agrada a quem trabalha lá.

- A equipe sempre foi muito aguerrida. O pessoal valoriza nomes como Alan Jones e Nelson Piquet, que correram lá e sempre fizeram grandes ultrapassagens. Ela é movida a esta emoção, que vem da garra e da motivação do piloto . E eles encontraram isso em mim.

O desenvolvimento do carro de 2011 já está avançado na fábrica em Grove, com ampla participação de Rubinho. E, após os elogios públicos dos dirigentes da equipe, ele sabe que a renovação do contrato é apenas uma questão de tempo.

- A gente já vem trabalhando no carro de 2011. Por isso, acho que a renovação é um processo natural. Tenho feito um "trabalho de casa" muito gostoso, com muita vontade, para que eu esteja sentado no carro do ano que vem e fazendo um bom papel. Espero que a Williams esteja melhor do que neste ano.

veja também