MENU

Basquete feminino quer melhorar desempenho nos Jogos Abertos

Basquete feminino quer melhorar desempenho nos Jogos Abertos

Atualizado: Quinta-feira, 26 Maio de 2011 as 3

  Se fosse para contar a quantidade de cestas que as atletas fazem nos treinos, daria trabalho. Tanto empenho é para a disputa dos Jogos Abertos Brasileiros.

- Estamos nos preparando para a competição desde fevereiro, estamos bem ansiosos e com bastante chance de sairmos em primeiro colocado - diz a pivô Carol.

Elas têm em média 24 anos de idade, praticamente todas já disputaram os JABs. É uma equipe experiente, mas figurinha carimbada mesmo é o técnico Ronaldo Monteiro. Ele participa dos jogos desde a primeira edição, em 1994. Conhece bem o nível da competição e as suas dificuldades, por isso ele não deixa de prestar atenção nas meninas nem mesmo na hora da entrevista.

- Vai que você não está olhando e acontece uma falta, aí elas reclamam. É complicado - diz Ronaldo.

Com tanto amor na liderança, o técnico tem em mãos um grupo unido, e também divertido.

- A gente sempre tenta brincar em alguns momentos para não ficar aquela coisa forçada, e quebrar o gelo da competição - diz a ala-pivô Lívia.

Brincadeiras à parte, para o técnico as meninas têm tudo para repetir o terceiro lugar no torneio, conquistado no ano passado por Mato Grosso do Sul.

A cobrança do técnico e a dedicação das atletas reforçam o talento e a amizade em quadra, e fazem com que as cestas saiam naturalmente. As meninas embarcam nesta quinta-feira para Poços de Caldas (MG).        

veja também