MENU

Bellucci derrota chileno em quase três horas de jogo em Santiago

Bellucci derrota chileno em quase três horas de jogo em Santiago

Atualizado: Sexta-feira, 5 Fevereiro de 2010 as 12

Em quase três horas de partida (2h54m), o tenista número 1 do Brasil e 35 do mundo, Thomaz Bellucci derrotou de virada o chileno Paul Capdeville, o 143º do ranking, por 5/7, 6/4 e 7/5, em jogo que terminou no início da madrugada desta sexta-feira, pelas oitavas de final do ATP 250 de Santiago. Nas quartas, o brasileiro enfrentará o argentino Eduardo Schwank, o número 79 do ranking mundial.

Na partida das oitavas-de-final contra Capdeville, Bellucci errou muito e mostrou-se bastante irregular. O brasileiro admite que venceu na superação o tenista chileno, que contou com uma grande torcida.

- Venci no coração, não estava num dia tão bom, mas lutei até o fim. Mesmo não jogando bem, acabei vencendo e isso acaba fazendo a diferença, me dá mais confiança para a próxima partida - disse o brasileiro.

Bellucci já enfrentou Schwank duas vezes, ambas em 2008, com uma vitória para cada lado, uma para o argentino no qualifying de Viña del Mar e a outra para o brasileiro no Challenger de Santiago.

- Faz tempo que não jogo com ele, mas sei que ele é bem sólido, tem boa direita. Será outra partida dura, terei que me esforçar como fiz hoje e tentar errar menos - afirmou o brasileiro.

O argentino passou pelo seu compatriota Jose Acasuso, que abandonou a partida com problemas no joelho esquerdo. No momento em que Acasuso desistiu de continuar jogando, ele havia vencido o primeiro set por 7/6(3) e havia perdido o segundo, por 6/2. 

veja também