MENU

Bellucci erra muito e dá adeus a Wimbledon já na primeira rodada

Bellucci erra muito e dá adeus a Wimbledon já na primeira rodada

Atualizado: Segunda-feira, 20 Junho de 2011 as 11:33

Não foi uma boa jornada para Thomaz Bellucci. Em sua estreia no Torneio de Wimbledon, o número 1 do Brasil cometeu 35 erros não forçados e jamais esteve perto da vitória. Por 7/6(3), 6/4 e 6/2, o atual 28º colocado no ranking mundial foi superado pelo alemão Rainer Schuettler, de 35 anos, e deu um adeus precoce ao Grand Slam britânico.

Thomaz Bellucci pouco ameaçou Schuettler nesta segunda (Foto: agência Getty Images)

  Top 5 em 2004 e atual número 113 do mundo, Schuettler tenta voltar a fazer uma bela campanha em Wimbledon. O alemão, que não passou da segunda rodada nos dois últimos anos, teve seu melhor desempenho em 2008, quando alcançou as semifinais na grama de Londres.     Bellucci, por sua vez, amarga sua primeira derrota na estreia em Londres. Em 2008, ano de sua primeira campanha no All England Club, foi eliminado na segunda rodada. Em 2010, o paulista alcançou a terceira fase, mas tombou diante de Robin Soderling, sexto do ranking na época.O revés desta segunda tirará o brasileiro do top 30.

A partida foi morna até o sétimo game, quando Schuettler viveu seu primeiro momento ruim. O alemão cometeu três erros não forçados e deu a primeira quebra da partida para Bellucci. O brasileiro, entretanto, não aproveitou a liderança. Sacando em 4/3, o paulista cometeu cinco erros não forçados e, mesmo com seguidas devoluções erradas de Schuettler, perdeu seu serviço.

O europeu então cresceu. Usando mais slices e esperando por erros de Bellucci, Schuettler passou a levar vantagem. O brasileiro ainda salvou um set point antes de forçar o tie-break, mas não resistiu no game de desempate.

O veterano de 35 anos também saiu na frente no segundo set, fazendo 3/2 no quinto game e salvando break points no sexto para abrir 4/2. Bellucci recuperou a igualdade no oitavo, deixando o placar em 4/4, mas novamente foi mal depois de uma quebra. Com uma dupla falta e uma esquerda boba na rede, o número 1 do Brasil perdeu o serviço. Schuettler, então, sacou bem e, sem perder pontos, fechou a parcial em 6/4.

Bellucci não conseguiu mudar o ritmo do jogo. Errando mais que o adversário e não conseguindo atacar quando recebia slices de Schuettler, o brasileiro foi quebrado no quinto e no sétimo games, sempre com erros não forçados. Era o fim da linha.          

veja também