MENU

Bellucci não resiste a Verdasco e perde na estreia em Cincinnati

Bellucci não resiste a Verdasco e perde na estreia em Cincinnati

Atualizado: Segunda-feira, 15 Agosto de 2011 as 3:23

A experiência de quem já havia enfrentado Fernando Verdasco em outras três vezes dizia a Thomaz Bellucci que seria preciso ser consistente, não vacilar. O brasileiro bem que criou oportunidades, mas não teve a tranquilidade suficiente para aproveitá-las. Melhor para o espanhol, que conseguiu se salvar nos momentos em que foi ameaçado e venceu a partida por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 7/6 (4). Com o resultado desta segunda-feira no Masters 1000 de Cincinnati, o número 20 do mundo tem três triunfos sobre Bellucci.  

Depois de ver o adversário ter nas mãos o primeiro break point do jogo no primeiro set, e desperdiçá-lo jogando a bola na rede, Verdasco respirou aliviado. Confirmou seu serviço, abriu 3/2 e  tratou logo de conter o ímpeto de Bellucci. Conseguiu uma quebra, abriu dois games (5/2) e encontrou pouca resistência para fechar em 6/3 com um erro não forçado do brasileiro.

Verdasco tinha pressa. Se impôs no início do segundo set, obteve mais uma quebra e fez 2/0. Bellucci tentava reagir. Colocou o espanhol para correr e confirmou seu serviço. Mas Verdasco sacava melhor e dificultava a vida do rival: 3/1. E ela poderia ter ficado ainda mais complicada. Apesar de pressionado, Bellucci conseguiu salvar um break point, tirando proveito das falhas do outro lado da rede. O espanhol sentia o mau momento e via Bellucci subir de produção e empatar: 3/3. Da arquibancada, o técnico Larri Passos vibrava.

O pupilo lutava e a recompensa viria. Bellucci tomou o comando do jogo e abriu 4/3. Verdasco respondeu, confirmando seu serviço.  Só que o brasileiro não se rendia. Com um ace, se manteve em vantagem (5/4), para logo depois receber atendimento médico devido a uma bolha no pé esquerdo. Na volta, Verdasco fez a sua parte, salvou dois set points, deixando tudo igual. 

Com bom serviço, Bellucci retomou a frente: 6/5.  Só que por pouco tempo. Verdasco levou o jogo para o tie-break. O brasileiro fez 2-0 e se manteve no comando do placar (4-1). Dois erros seguidos reacenderam a esperança do espanhol, que tirou a diferença: 4-4. Duas novas falhas de Bellucci e Verdasco agradecia: 7-4 e vitória na estreia.               

veja também