MENU

Bellucci tem dificuldades contra Clezar, mas vence e avança no Aberto do Brasil

Bellucci tem dificuldades contra Clezar, mas vence e avança no Aberto do Brasil

Atualizado: Quarta-feira, 13 Fevereiro de 2013 as 6:46

Após 2h40min, tenista vence compatriota por 2 sets a 1 e se classifica para reencontrar algoz de 2012 na próxima fase

Thomaz Bellucci estreou no Aberto do Brasil nesta terça-feira e teve dificuldade. O confronto com o compatriota Guilherme Clezar, número 234 no ranking da ATP, foi bastante equilibrado, tanto que durou 2h40min e só foi definido após três sets. No fim das contas, Bellucci venceu por 2 a 1, com parciais de 7/6 (7-4), 5/7 e 7/6 (7-1).

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Na próxima fase, Bellucci vai reencontrar um velho conhecido. Trata-se do italiano Filippo Volandri, que o derrotou na semifinal do Aberto do Brasil de 2012. O jogo entre os dois será na quinta-feira.

Antes disso, porém, Bellucci jogará pela chave de duplas. Ao lado de João Souza, o Feijão, ele vai enfrentar a dupla formada pelo compatriota Marcelo Melo e pelo italiano Daniele Bracciali, principal favorita.

O jogo

Logo de casa, duas quebras, uma para cada lado. Bellucci, oscilando muito no saque, tentava colocar Clezar para correr e via o adversário devolver a maioria das bolas. Depois de trocarem mais duas quebras, os brasileiros se viram diante de um tie-break, vencido pelo cabeça de chave 5 do torneio por 7-4.

Na segunda parcial, os tenistas mostraram muito mais segurança em seus serviços. Nenhum deles esteve ameaçado até o 12º game, quando a partida parecia se encaminhar para um novo desempate. Bellucci, porém, não conseguiu se impor diante das boas devoluções de Clezar e cometeu muitos erros não forçados. Com 7/5, Clezar levou a partida para o terceiro set.

Bellucci voltou para quadra mais agressivo e pressionando o saque do adversário desde o início. O melhor tenista do Brasil, porém, desperdiçou inúmeras chances de quebra e, quando a conseguiu, não foi capaz de manter seu próprio saque.

No segundo tie-break da partida, os erros excessivos de Clezar fizeram a diferença para Bellucci, que abriu 6-0 antes de sacar para finalizar a partida.


Continue lendo...

veja também