MENU

Belluzzo faz avaliação sobre sua gestão: 'Satisfeito, não fiquei'

Belluzzo faz avaliação sobre sua gestão: 'Satisfeito, não fiquei'

Atualizado: Quarta-feira, 19 Janeiro de 2011 as 3:24

O presidente do Palmeiras, Luiz Gonzaga Belluzzo, enfim quebrou o silêncio e falou sobre a eleição que vai definir o seu sucessor, nesta quarta-feira. O dirigente também fez uma análise sobre sua gestão nesses dois anos que se passaram. E reconhece que não foi como ele planejara.

- Satisfeito, não fiquei. As pessoas dizem que fiquei decepcionado, mas não sei. Tivemos duas vezes à beira de ganhar uma competição, em 2009 (no Brasileiro) e a Sul-Americana (de 2010), e na hora "H" falhamos. O que me deixa insatisfeito foi não ter trazido um título a um time que, nos últimos anos, só ganhou na era Parmalat - disse Belluzzo, em entrevista à "Rádio Bandeirantes".

O presidente alviverde garante, no entanto, que também tem pontos positivos a destacar, principalmente no que diz respeito à parte de infraestrutura do clube.

- Primeira arena construída no Brasil. Parece que o projeto não aconteceu. Ninguém fala nele. Sinal de atraso no futebol. Fazer com que o patrimônio renda de alguma maneira. Mas o importante é discutir se você contratou o Joãozinho. Não que não seja importante, mas a arena também é. Além do marketing, que multiplicou por cinco as receitas do Palmeiras. Ontem (terça) mesmo assinei com a Unimed, que vai ficar na barra da camisa, por R$ 6,5 milhões - declarou.

Belluzzo também revelou seu voto na eleição desta quarta. Arnaldo Tirone, Salvador Hugo Palaia e Paulo Nobre são os concorrentes. Belluzzo escolheu apoiar o último.

- Eu vou votar no Paulo Nobre, porque acho a melhor opção, ainda que não considere o Tirone como pessoa. Aí, é uma questão de avaliação política. Diga-me com quem andas que te direi quem és. Fez uma opção errada, pouco coerente, com prejuízos ao clube.  

veja também