MENU

Blatter chama ingleses de 'maus perdedores' após escolha das sedes

Blatter chama ingleses de 'maus perdedores' após escolha das sedes

Atualizado: Quinta-feira, 9 Dezembro de 2010 as 8:33

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, criticou a reação inglesa após a vitória russa na escolha das sedes para a Copa de 2018 na última quinta-feira. Os britânicos não digeriram bem a decisão da entidade internacional e fizeram críticas para todos os lados, chegando a chamar o primeiro-ministro do país do leste europeu, Vladimir Putin, de mafioso. O dirigente suíço reclamou que a revolta dos ingleses não combina com o fair play.

- Para ser honesto, fiquei surpreso por conta das reclamações do ingleses após a derrota. A Inglaterra, de todas, é a pátria do fair play. Alguns deles se mostraram maus perdedores - disse Blatter à revista semanal “Weltwoche”.

Os ingleses e a Fifa também se envolveram em polêmicas antes da decisão de quinta-feira. Emissoras britânicas relacionaram a entidade a escândalos de corrupção, que ocasionaram no afastamento de dois membros que teriam direito a voto na escolha das sedes. O dirigente, porém, nega que exista um esquema desse tipo na Fifa.

- Não há corrupção sistemática no FIFA. Isso é um absurdo.

Além da Rússia, o Qatar foi escolhido para receber a Copa de 2022. A decisão de levar o torneio mais importante do futebol para países com pouca tradição no esporte foi alvo de protestos por parte do mundo ocidental. Blatter, por sua vez, não concorda com essa visão.

- Eu realmente estou sentido com algumas reações um pouco arrogantes do mundo ocidental de origem cristã. Alguns simplesmente não podem suportar a chance de uma mudança - concluiu Blatter.

veja também