MENU

Boca já admite perder Riquelme para o Corinthians

Boca já admite perder Riquelme para o Corinthians

Atualizado: Terça-feira, 10 Novembro de 2009 as 12

O interesse do Corinthians na contratação de Juan Román Riquelme era visto com desconfiança na Argentina, no início do ano. O cenário mudou. José Beraldi, vice-presidente do Boca Juniors, admitiu que o meia poderá jogar no Brasil em 2010, ano do centenário corintiano.

''Román é consciente de que não podemos cobrir esses números, a menos que haja uma boa pré-disposição por parte dele em falar de um valor que o Boca consiga pagar'', reconheceu o dirigente, em entrevista à rádio Del Plata.

Beraldi se assustou com os US$ 2,5 milhões (R$ 4,3 milhões) que o Corinthians cogita pagar anualmente a Riquelme. A quebra de contrato do meia pode ser financiada pela DIS, braço esportivo do Grupo Sonda, que arcaria com a mesma quantia para tirá-lo do Boca Juniors e ganharia o direito de explorar a imagem do jogador.

Diante da obsessão do Corinthians por Riquelme, o Boca conta com a paixão do jogador pelo clube para segurá-lo em Buenos Aires. O meia já declarou que gostaria de continuar no seu time de coração pelo menos até o término do seu vínculo atual, em junho de 2010, e queria encerrar a carreira em La Bombonera.

Segundo a diretoria corintiana, no entanto, Riquelme está propenso a trocar de equipe. ''Já temos a sinalização do sim do jogador para ouvir a proposta do Corinthians'', avisou o diretor de futebol Mário Gobbi, em entrevista à Rádio Record.

O próximo passo do clube do Parque São Jorge será enviar o diretor de marketing Luis Paulo Rosenberg, acompanhado por um representante da DIS, para negociar com Riquelme e com o Boca Juniors na Argentina.

''Tocaremos no assunto Riquelme perto do final do ano'', tentou adiar o vice-presidente José Beraldi, incomodado porque o Boca enfrenta dificuldades para se classificar à Copa Libertadores da América da próxima temporada.

veja também