'Bola de segurança', Marquinho volta a estar no alto em gangorra tricolor

'Bola de segurança', Marquinho volta a estar no alto em gangorra tricolor

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:55

Entra ano, sai ano, e a situação é a mesma no Fluminense: Marquinho é a “bola de segurança” quando as superestrelas não dão conta do recado. A história começou com Cuca, em 2009, continuou com Muricy no ano seguinte, e se repete agora na reta final do Campeonato Carioca. Diante das oscilações de Souza nas últimas rodadas, o apoiador foi convocado para voltar ao time titular na semifinal da Taça Guanabara, sábado, às 17h (de Brasília), no Engenhão, contra o Boavista.

Titular em grande parte da campanha do título do Brasileirão, Marquinho ficou fora da reta final por ter fraturado o braço direito em clássico contra o Vasco e iniciou 2011 entre os suplentes. Empolgado com a nova oportunidade, o jogador admitiu que precisa evoluir para conquistar definitivamente a posição.

- Fico feliz. Voltar a jogar como titular é sempre muito bom. Mostra que o trabalho está sendo bem feito e estou sempre sendo lembrado pelo Muricy. Estou no caminho certo. Mas ainda preciso evoluir para chegar ao estágio de se manter na equipe titular.

Escalado juntamente com Conca no meio-campo tricolor em coletivo realizado na manhã desta quarta, nas Laranjeiras, Marquinho acredita que o fato de colaborar defensivamente foi preponderante para seu retorno ao time.  

- Eu marco e jogo. Não tem como tirar de jogadores como Souza e Conca a marcação. Vai acabar tirando as características deles. Talvez não tenha tanto poder ofensivo quanto o Souza, mas marco mais. De repente, como temos sofrido muitos gols, o Muricy optou por esse estilo.

Já de olho na semifinal da Taça Guanabara, o apoiador demonstrou conhecimento sobre o Boavista e alertou os companheiros para que a zebra não pinte no Engenhão.

- É um time muito forte, que tem dois caras grandes na frente e bons laterais. A equipe está bem montada, joga bem taticamente. Temos que prestar a atenção. Se cometermos alguns erros que temos cometido, não vamos sair com um bom resultado. Temos que jogar para cima deles.

Marquinho falou também sobre o longo bate-papo de Muricy Ramalho com todo o elenco no centro do gramado das Laranjeiras antes da atividade desta quarta. Segundo ele, o treinador alertou para os erros cometidos nos primeiros oito jogos na temporada, principalmente em momentos decisivos.

- É sempre bom ser alertado de algumas coisas. E foi isso que o Muricy fez hoje. Sabemos que não estamos convencendo. Por mais que tenhamos conquistado vitórias, nas decisões preocupamos, como contra o Botafogo e o Argentinos. Deixamos a desejar. É preciso ter essa preocupação contra o Boavista e nos próximos jogos da Libertadores.

Na opinião do jogador, uma boa participação nesta reta final da Taça Guanabara impulsionará o Flu também na Taça Libertadores da América.

- O Fluminense busca a vencer em todas as competições que entra, não importa a expressão do campeonato. Faz tempo que o clube não vence um turno, mas vamos buscar o título Estadual da mesma forma que buscamos a Libertadores. Não podemos diferenciar. Uma vitória acarreta na outra e ajuda na auto-estima. Tudo melhora.

Em pouco mais de dois anos, Marquinho entrou em campo com a camisa do Fluminense 112 vezes: 51 como titular e 61 como reserva.    

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições