MENU

Bota derruba Fla e vai à final da Taça Guanabara

Bota derruba Fla e vai à final da Taça Guanabara

Atualizado: Quinta-feira, 18 Fevereiro de 2010 as 12

O "talismã" Caio resolveu outra vez para o Botafogo. O jovem atacante, aos 38 minutos do segundo tempo, fez o gol da virada sobre o Flamengo por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, dia 17, no Maracanã, e colocou o time alvinegro na final da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Estadual do Rio, contra o Vasco. Marcelo Cordeiro anotou o outro gol da equipe, enquanto Vinícius Pacheco abriu o marcador para os rubro-negros.

A grande decisão do primeiro turno será realizada neste domingo, às 17h (horário de Brasília). Para o Flamengo, fica o gosto amargo da derrota, mas, principalmente para Adriano, que ganhou um "presente de grego" no seu aniversário de 28 anos.

"Foi uma grande vitória, para dar a volta por cima. Foram três anos perdendo para o Flamengo. Agora é trazer o torcedor para o nosso lado Hoje tivemos poucos torcedores aqui no Maracanã", destacou o volante Leandro Guerreiro.

Eliminado da Taça Guanabara, o Flamengo, só volta a campo no dia 24 de fevereiro, quando recebe o Universidad Católica, do Chile, pela estreia na Libertadores. Pela Taça Rio, a equipe inicia sua jornada diante do Macaé, no dia 27, em Volta Redonda.

"Levamos um gol em que sabíamos que a jogada forte do Botafogo. Caímos nessa. O cara (Herrera) ajeitava sempre para alguém. Mas jogamos melhor e merecíamos vencer", salientou o zagueiro Ronaldo Angelim.

O jogo

O clássico começou eletrizante e bem disputado nos primeiros dez minutos. Aos poucos, entretanto, o Flamengo começou a dominar as ações. No estilo do seu treinador, o Botafogo recuou e deu espaço para a equipe rubro-negra atacar. Adriano, aniversariante desta quarta-feira, buscava jogo a todo momento.

Superior, o gol do Flamengo era uma questão de tempo. Aos 22, Jefferson salvou o Botafogo num chute de Juan. Porém, dois minutos depois, o camisa 1 alvinegro não conseguiu defender a conclusão de Vinícius Pacheco: 1 a 0.

Assista aos gols da partida:

Mesmo em desvantagem, o Botafogo não mudou a sua maneira de atuar. Entretanto, percebendo que não poderia ficar tão atrás com a possibilidade de levar o segundo gol, a equipe alvinegra saiu mais para o jogo. E, numa destas investidas, Marcelo Cordeiro deixou tudo igual.

A partir daí, o clássico ficou equilibrado. Aos 40 minutos, um lance polêmico. Fahel, que já tinha cartão amarelo, cometeu falta em Vinícius Pacheco e levou o vermelho. Pressionado pelos jogadores do Botafogo e também por Joel Santana, o árbitro Luiz Antônio Silva dos Santos, após ouvir o bandeirinha Ediney Mascarenhas, mudou a decisão correta e aplicou o amarelo no zagueiro Fábio Ferreira.

Coincidência ou não, Joel Santana usou de toda sua "malandragem" e, no retorno do Botafogo para o segundo tempo, colocou Wellington na vaga de Fahel.

A etapa final, assim como a inicial, começou empolgante, no famoso "lá e cá". Porém, mais uma vez, o Flamengo passou a ter o domínio do jogo. Aos nove minutos, Vagner Love acertou o travessão e, por pouco, não colocou novamente o Rubro-Negro em vantagem.

Na reta final de jogo, até para dar experiência ao Flamengo, o técnico Andrade, aos 27, colocou Petkovic, retornando ao time após punição imposta pela diretoria rubro-negra, entrou no lugar de Vinícius Pacheco. No minuto anterior, pelo lado do Botafogo, Joel Santana tirou Lucio Flávio e colocou o "talismã" Caio.

O Flamengo seguia melhor. Adriano e, principalmente, Vagner Love tiveram a chance de marcar o segundo gol. Como isso não aconteceu, o "talismã" Caio, aos 38 minutos, virou o placar para o Botafogo e colocou a equipe alvinegra na grande decisão da Taça Guanabara contra o Vasco.

Torneio Moisés Mathias de Andrade

Na preliminar de Flamengo e Botafogo, o Boavista derrotou o Madureira por 3 a 1 e vai decidir o Torneio Moisés Mathias de Andrade contra o Olaria, que superou o América no último sábado, na Rua Bariri. A final será realizada no próximo domingo, às 17h01, no Los Larios. Esta taça é disputada pelos times que terminaram nas terceiras e quartas posições dos grupos A e B no primeiro turno.

veja também