MENU

Botafogo e Galo realizam o primeiro duelo dos dois consecutivos no Rio

Botafogo e Galo realizam o primeiro duelo dos dois consecutivos no Rio

Atualizado: Sábado, 20 Agosto de 2011 as 9:33

Em momentos opostos no Campeonato Brasileiro, Botafogo e Atlético-MG travam o primeiro dos dois duelos seguidos dentro do Engenhão. Neste sábado, às 18h (de Brasília), o embate é válido pela competição nacional, que tem os cariocas na quinta colocação lutando pela permanência no G4, enquanto os mineiros, em 18°, tentam escapar do temido Z-4. Na próxima terça-feira, as equipes voltam a se enfrentar pela segunda partida da Copa Sul-Americana.

Mesmo vindo de uma derrota para o Internacional, em Porto Alegre, o Botafogo está em uma crescente no Brasileirão. Dos últimos seis jogos, foram quatro vitórias. Agora, a equipe de Caio Júnior tem a chance de embalar, já que atuará três vezes seguidas dentro de casa (Atlético-MG, Fluminense e Palmeiras). Por outro lado, o Galo, que sofreu três derrotas consecutivas na competição, não vence há cinco rodadas. A diferença entre os times é de 13 pontos.

A partida terá arbitragem de Wilton Pereira Sampaio, auxiliado por Marrubson Melo Freitas e Carlos Emanuel Manzolillo, todos do Distrito Federal. O GLOBOESPORTE.COM acompanha o jogo em Tempo Real.

Botafogo : time tenta se recuperar da derrota para o Internacional por 1 a 0 e embalar de vez dentro do Campeonato Brasileiro. Nas próximas três rodadas, o Botafogo atuará no Engenhão, contra Atlético-MG, Fluminense e Palmeiras, respectivamente, e conta com o apoio da torcida para se manter na zona de classificação para a Libertadores e alcançar os líderes.

Atlético-MG : o principal objetivo do Galo é deixar a incômoda zona do rebaixamento. Uma vitória, combinada com resultados dos demais times do Z-4, pode deixar o time fora do calabouço. No entanto, caso perca e o Avaí bata o Coritiba dentro de casa, o Galo cai para a vice-lanterna. Uma vitória contra o Botafogo também dará moral ao time, já que os clubes se enfrentarão novamente na terça-feira, pela Copa Sul-Americana.

Botafogo : o técnico Caio Júnior preferiu não revelar a escalação, mas deverá retornar com Lucas no lugar de Alessandro na lateral direita e Elkeson no meio na vaga de Herrera, suspenso. O Botafogo deverá entrar em campo com a seguinte formação: Jefferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Marcelo Mattos, Renato, Felipe Menezes, Maicosuel e Elkeson; Alex.

Atlético-MG : o técnico Cuca deverá começar a partida com a mesma formação tática do último jogo, um 3-5-2, apesar da derrota contra o Corinthians. O time terá novidades, já que Patric, lateral-direito, não está mais no elenco, e o setor poderá ser improvisado com Serginho. Relacionado, Daniel Carvalho poderá começar jogando. Provável time: Renan Ribeiro; Werley, Lima e Leonardo Silva; Serginho, Fillipe Soutto, Dudu Cearense, Daniel Carvalho e Richarlyson; André (Magno Alves) e Guilherme.

Botafogo : Loco Abreu, com uma entorse no joelho direito, Herrera, suspenso, e o meia Everton que se recupera de uma cirurgia no ombro esquerdo.

Atlético-MG : suspenso pela expulsão contra o Corinthians, o zagueiro Réver não enfrentará o Botafogo. O lateral-esquerdo Leandro e o atacante Neto Berola estão no departamento médico. Marquinhos Cambalhota, atacante, já faz trabalhos físicos no campo, mas não foi relacionado para o jogo.

Botafogo : Cortês, Marcelo Mattos e Somália.

Atlético-MG : Renan Ribeiro, Guilherme, Guilherme Santos, Patric, Serginho e Toró.

Botafogo : Elkeson, artilheiro do time, volta à equipe depois de cumprir suspensão automática. O jovem Alex, substituto de Loco Abreu, mesmo pouco acionado na última partida contra o Internacional, conseguiu colocar uma bola na trave e é a esperança de gols de Caio Júnior.

Atlético-MG : Guilherme foi um dos destaques atleticanos no primeiro tempo contra o Corinthians, quando o Galo vencia por 2 a 0. O atacante foi um dos que marcou na última partida, e teve outras boas chances de balançar as redes. Contra o Botafogo, ele espera voltar a marcar para se sentir menos pressionado pela torcida atleticana.

Caio Júnior, técnico do Botafogo :   “Muito mais difícil jogar contra o Atlético-MG nessa situação. É um grande clube, não é normal o que estão vivendo. Houve uma mudança de comando e está se buscando uma definição da equipe. Se não me engano, são 24 jogadores testados nos últimos jogos. Não sabemos como eles vão jogar só mesmo dentro de campo”.

C uca, técnico do Atlético-MG :   “Estamos em uma situação muito atrasada em relação ao Brasileiro, lá atrás, e temos que somar pontos para que jogo a jogo a gente saia dessa situação. Temos que pensar no sábado, no jogo do Brasileiro. O Botafogo tem um dos melhores elencos do país, um time muito forte. Agora, temos que ter a grandeza e a ambição de ir lá vencer”.

* Quem venceu mais?   Confira o histórico do confronto na Futpédia.

* O Botafogo leva vantagem diante do Atlético-MG em jogos válidos pelo Campeonato Brasileiro. Foram 36 confrontos pela competição, com 16 vitórias cariocas, dez mineiras e dez empates. Nas últimas 20 partidas disputadas entre ambas equipes, o Galo venceu apenas uma (2x1/Brasileiro 2008). Nas demais, o Bota venceu 13 vezes e empatou seis.

* Na contagem de todas as competições, a diferença entre os times é ainda maior. Em 85 encontros, foram 41 vitórias dos botafoguenses, contra 23 vitórias dos atleticanos e 21 empates, 168 gols do Bota e 130 do Galo.

* No Rio de Janeiro, o Atlético-MG não vence o Botafogo há 12 anos (ou 11 jogos). A última vitória do Galo no Rio foi dia 18/08/99, quando goleou por 5x1 pelo Campeonato Brasileiro no Estádio Caio Martins.

 Aconteceu há dez dias em Ipatinga, Minas Gerais. O jogo era válido pela estreia das equipes na Copa Sul-Americana. O Botafogo venceu por 2 a 1 com gols de Herrera e Maicosuel; Richarlyson descontou para o Galo. O confronto marcava a início de trabalho do técnico Cuca à frente do clube mineiro.

veja também