MENU

Botafogo goleia o Madureira e fica muito próximo da semifinal da Taça GB

Botafogo goleia o Madureira e fica muito próximo da semifinal da Taça GB

Atualizado: Sexta-feira, 5 Fevereiro de 2010 as 12

O Botafogo praticamente "carimbou" sua classificação à semifinal da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Estadual, ao golear o Madureira por 4 a 1, na noite desta quinta-feira, no Maracanã, pela sexta e penúltima rodada do grupo B. Com o triunfo, o time alvinegro chegou aos 15 pontos, na segunda posição, contra 12 do Tricolor suburbano. O Vasco, que venceu o Resende por 1 a 0, em Volta Redonda, tem 18 e já está classificado.

Os gols do Botafogo foram marcados por Fábio Ferreira, Caio, Fahel e Loco Abreu, com Valdir fazendo para o Madureira.

"Estamos na zona de classificação, mas vale lembrar que ainda não conseguimos nada. Estamos trabalhando para chegar à semifinal. A entrada do Caio foi muito importante, pois o time não tem apenas 11 jogadores", salientou Loco Abreu.

Na última rodada da Taça Guanabara, o Botafogo recebe o Resende, no Engenhão, enquanto o Madureira duela com o Vasco, em São Januário. As duas partidas serão realizadas neste domingo, às 17h (horário de Brasília).

Em empate basta para o Botafogo. Em caso de derrota, o Alvinegro só perde a classificação se o Madureira derrotar o Vasco e ainda tirar o saldo de gols. Hoje, o Alvinegro está na frente com 2 a 0.

"A gente sempre briga por uma vaga no time. Acho que vou deixar o teinador com a pulga atrás da orelha. Consegui fazer um gol e dar um passe para o Abreu", ressaltou Caio.

Atrás do Madureira na tabela de classificação, o Botafogo entrou em campo com apenas um objetivo: vencer. A equipe, entretanto, começou a partida sendo dominada pelo adversário. A primeira chance do Alvinegro só veio aos 15 minutos, quando Edinho salvou o gol certo de Herrera.

Assista ao gols da partida:

Apesar do lance de perigo, o Botafogo jogava mal. A parada técnica serviu para Joel Santana "arrumar a casa". O time até melhorou, quase abriu o placar com Marcelo Cordeiro, mas estava longe de "encher os olhos" da torcida.

O primeiro tempo dava indícios que terminaria mesmo empatado. Só que aos 39 minutos, após cobrança de escanteio, Fábio Ferreira colocou o Botafogo em vantagem. "O Madureira tem uma equipe forte e não podemos facilitar", salientou o zagueiro, na saída de campo.

O gol praticamente no fim do primeiro tempo deixou o Botafogo mais tranquilo para o segundo. Entretanto, a equipe continuava irregular, com lances esporádicos. Irritada, a torcida alvinegra pediu a entrada do jovem Caio, que salvou o time contra o América.

Joel Santana atendeu e botou Caio no lugar de Lucio Flávio, que saiu de campo mais vaiado do que aplaudido. Logo no seu primeiro toque na bola, aos 32 minutos, o jovem atacante marcou o segundo gol do Botafogo e praticamente selou a vitória alvinegra.

O praticamente tinha uma explicação. Aos 36 minutos, Valdir diminuiu para o Madureira e trouxe preocupação para o Botafogo. Porém, na saída de bola, Edinho fez falta em Loco Abreu e foi expulso. Na cobrança, Fahel marcou o terceiro da equipe alvinegra e brecou qualquer reação do Tricolor suburbano.

Faltava, entretanto, o gol do uruguaio Loco Abreu. Aos 40 minutos, após receber passe de Caio, o atacante fez o quarto do Botafogo e deu números finais ao confronto. Completamente equivocadado, o placar eletrônico do Maracanã deu gol do volante Leandro Guerreiro.

veja também