MENU

Botafoguenses veem semelhanças entre o Vasco 2011 e o Glorioso 2010

Botafoguenses veem semelhanças entre o Vasco 2011 e o Glorioso 2010

Atualizado: Quinta-feira, 17 Março de 2011 as 2:56

O início de 2011 foi bastante complicado para o Vasco, bem parecido com o que aconteceu com o Botafogo em 2010. O ápice da crise do Glorioso foi justamente a goleada para o time da Colina por 6 a 0, no Engenhão.

   A partir daquele jogo, no entanto, a equipe contratou o técnico Joel Santana e arrancou rumo ao título carioca. Nesta temporada, os cruz-maltinos não conseguiram a classificação para a semifinal da Taça Guanabara, mas mostraram evolução após a chegada de Ricardo Gomes.

No próximo domingo, às 18h30m (de Brasília), novamente no Engenhão, os clubes irão se enfrentar pela Taça Rio, a última chance de seguir na luta pelo título estadual. O goleiro Jefferson não esquece aquele 6 a 0, mas acredita que o fracasso foi fundamental para o time se unir e partir para a conquista da competição.

- Começamos a escrever nosso título após aquele jogo. Lembro das palavras do Alessandro: "Vamos nos fechar que vamos ser campeões ainda". Demos a cara para os torcedores. A lembrança da partida é de que nada deu certo no jogo. De lá para cá, nós tivemos muitas vitórias - disse o arqueiro.

O volante Somália também vê semelhanças entre e situação do Bota em 2010 e a do Vasco em 2011. Ele acredita que o adversário soube sair bem das adversidades e apontou algumas armas que precisam ser neutralizadas, como Felipe e a sensação Bernardo, autor de três gols contra o Madureira na última rodada.     - A situação é semelhante a nossa no ano passado, quando perdemos por 6 a 0. Também conseguimos dar a volta por cima. Precisamos ter muita atenção e fazer o nosso papel no clássico. O Vasco é muito perigoso no meio e no ataque, tem jogadores como o Felipe e o Bernardo.

Jefferson também prevê dificuldades no clássico. O goleiro, no entanto, quer que o Botafogo faça valer o fato de jogar em seu estádio para superar o rival.

- Quem vê o Vasco agora, nota que está completamente diferente do primeiro turno. É um time de tradição e temos que respeitar.

Sabemos que vamos encontrar dificuldades, mas o clássico será no Engenhão, na nossa casa, e temos que fazer bem o nosso jogo.

Assim como Somália, o camisa 1 citou Felipe e Bernardo como duas das principais ameaças vascaínas. Ele lembrou também de Diego Souza, que deve fazer sua estreia no clássico.

- Não só o Diego Souza, mas todos os jogadores. Bernardo está desequilibrando, tem o Felipe também... Claro que o Diego é muito inteligente e temos que diminuir o espaço para que ele não cresça na partida.

O Botafogo é o líder do Grupo B da Taça Rio com nove pontos, dois a mais do que o Fluminense. O Vasco está em segundo no Grupo B com seis pontos, um a menos do que o Flamengo.      

veja também