MENU

Braçadeira é instrumento de motivação no Grêmio

Braçadeira é instrumento de motivação no Grêmio

Atualizado: Quarta-feira, 13 Outubro de 2010 as 9:14

Não basta ser aquele jogador legalmente autorizado a interceder pelos companheiros nas reivindicações às arbitragens. Do capitão também é exigido liderança, uma característica quase inata, que faz dele um jogador respeitado pelos demais.

Renato Gaúcho se utiliza desta braçadeira para atribuir responsabilidades a jogadores naturalmente protagonistas. Desta forma, espera que a capitania incremente o desempenho dos atletas escolhidos.

Foi assim com Fábio Rochemback, e o mesmo acontece agora com Douglas:

- É um modo que tenho de transmitir uma responsabilidade a mais. Às vezes você dá a braçadeira e o jogador para e pensa: 'se o homem dá a braçadeira, é porque confia em mim. Vou dar aquele algo a mais'.

Mas Renato precisará tomar uma decisão. Rochemback se recuperou de lesão, e tem condições de retornar à equipe no próximo domingo, quando o Grêmio enfrenta o Cruzeiro no Estádio Olímpico. Foi a partir de sua ausência que Douglas tornou-se capitão.

- Você já pensou agora quando tiver os dois de volta? A braçadeira é a confiança que eu procuro passar para eles. O Rochemback recuperou o futebol dele, é um dos líderes do grupo, até pela experiência dele lá fora. Ele machucou, dei a braçadeira para o Douglas.

veja também