MENU

Brasil abusa de perder chances, mas bate Emirados Árabes e é finalista

Brasil abusa de perder chances, mas bate Emirados Árabes e é finalista

Atualizado: Sexta-feira, 25 Novembro de 2011 as 3:42

Quem esperava um jogo fácil contra os Emirados Árabes se enganou. Pelas semifinais do Torneio de Dubai, o Brasil perdeu muitas oportunidades, sofreu um pouco de pressão, mas venceu por 2 a 0. Em duelo equilibrado na arena da praia de Jumeirah, Sidney e Anderson marcaram os gols que garantiram a classificação do time verde-amarelo para a final da competição. No caminho para o título está a Rússia, algoz da última Copa do Mundo, que venceu a Suíça por 2 a 1 nos pênaltis (4 a 4 no tempo normal). O jogo começou equilibrado, com as duas equipes arriscando de longe, mas levando pouco perigo. A primeira grande chance do Brasil foi com Souza. Aos quatro minutos, o defensor bateu cruzado, o goleiro Abbas espalmou e Anderson perdeu boa chance no rebote. Comandado pelo treinador brasileiro Marcelo Mendes, os Emirados Árabes responderam em chute de Adel, que teve grande defesa de Mão. Na sequência, a seleção brasileira abriu o marcador. André cruzou na cabeça de Sidney, que cabeceou bem e tirou do goleiro. Aos nove, André recebeu a bola no meio da quadra, avançou e chutou rasteiro para a defesa de Abbas. No rebote, Bruno Xavier perdeu o equilíbrio e não conseguiu finalizar.

Jogadores do Brasil comemoram o gol de Anderson contra os Emirados Árabes (Foto: Divulgação / BSWW) Os Emirados Árabes quase empataram no início da segunda etapa. Após cobrança de escanteio, Rami desviou e acertou a trave. Aos dois minutos, o Brasil respondeu com Anderson, que arriscou o chute pelo lado direito e mandou para fora. A pressão verde-amarela continuou. Aos três, André completou o cruzamento e a bola passou rente à trave. Mas os donos da casa estavam ligados.

Em lance de pura habilidade, Adel gingou para cima de Bruno Xavier e conseguiu a falta perto da área. Na cobrança, ele chute forte para boa defesa de Mão. A 17 segundos para o fim da etapa, o goleiro Humaid, que entrou no lugar de Abbas, protagonizou um lance curioso. De uma forma até desesperada, ele foi quase para o meio da quadra abafar o chute de André, não achou a bola e viu Anderson bater de longe para fora.

André recebe a marcação forte do jogador dos Emirados Árabes pelas semifinais (Foto: Divulgação / BSWW) O Brasil começou o terceiro período buscando o segundo gol. Em cobrança de falta do meio da quadra, Betinho encheu o pé, mas mandou sobre a trave. Ainda no primeiro minuto da etapa final, Anderson acertou lindo chute de primeira após lançamento de Bruno Xavier e mandou a bola no cantinho direito de Humaid: 2 a 0. Aos quatro, DDI pegou de primeira após outro ótimo passe de Bruno Xavier, mas finalizou mal.

Aos cinco, o goleiro dos Emirados Árabes saiu jogando rápido, arriscou do seu campo defensivo e obrigou Mão a defender. Em seguida, pintou uma boa triangulação do time canarinho, com Sidney, Bruno Xavier e André, que pegou de voleio para fora. Adel ainda teve uma boa chance faltando dois minutos para o fim do jogo ao pegar a sobra na área, mas pegou mal na bola. Com a vantagem no placar, restou ao Brasil tocar a bola, esperar o apito final do árbitro e comemorar a vaga para a final.        

veja também