MENU

Brasil derrota a Hungria por 4 a 2, com gols de Murilo e Vander Carioca

Brasil derrota a Hungria por 4 a 2, com gols de Murilo e Vander Carioca

Atualizado: Segunda-feira, 8 Novembro de 2010 as 2:41

O Brasil não teve dificuldades para vencer a Hungria por 4 a 2 neste domingo, no Desafio Internacional de Futsal, realizado em Cuiabá. Com gols de Vânder Carioca (2) e Murilo (2) - David e Nemeth descotaram - os atuais campeões mundiais mostraram uma equipe renovada, mas sem perder a força ofensiva e a criatividade na elaboração de jogadas de efeito, que levantaram a torcida que compareceu ao Ginásio Aecim Tocantins.

O Brasil começou a partida tocando demais a bola, fazendo boas jogadas, mas chutando pouco de longe. O primeiro lance de perigo aconteceu a 13 minutos do fim do primeiro tempo, quando Murilo perdeu uma boa chance em rebote do goleiro, chutando por cima. Logo depois, o mesmo Murilo tocou sobre o goleiro, que saiu da área e foi encoberto, mas David evitou o gol, desviando a bola pela linha de fundo quase debaixo da trave.

Com domínio total da partida, os brasileiros não demoraram para abrir o placar. Após boa triangulação, que começou com Darlan lançando Murilo na ponta esquerda, o ala fez um cruzamento preciso para o veterano Vânder Carioca, que só teve o trabalho de tocar para o fundo da rede, fazendo Brasil 1 a 0. O mesmo Vânder Carioca ampliou no fim do primeiro tempo, após receber um lindo passe de Guina pelo alto e bater de primeira, fazendo 2 a 0.

A Hungria, que tinha dificuldades de sair para o jogo, teve sua melhor oportunidade a 51 segundos do intervalo, quando Lodi recebeu um passe de Droth e chutou por cima do travessão do goleiro brasileiro Franklin, assustando a torcida.

No segundo tempo, o Brasil manteve o domínio no segundo tempo, encurralando a Hungria no campo de defesa. Trocando muitos passes, buscando o momento certo de definir as jogadas, os brasileiros criavam oportunidades de gol seguidas. Na primeira com real perigo de gol, Murilo chutou forte da entrada da área para bela defesa do goleiro Tihanyi.

O amplo domínio da partida fez o Brasil relaxar em quadra e permitir que os húngaros conseguissem criar mais jogadas. Após um belo chute de droth para defesa de Franklin, a Hungria fez seu primeiro gol com David em um contra-ataque originado em uma perda de bola no ataque brasileiro. O gol sofrido mexeu com os campeões mundiais, que passaram a forçar o ritmo e ampliaram o placar com Murilo em chute forte da ala esquerda da quadra, fazendo 3 a 1 em passe de Vânder Carioca.

Nova falha de passe do Brasil, dessa vez de Darlan no meio-campo, permitiu que Nemeth partisse com a bola dominada, driblasse Guina e chutasse forte, na saída de Franklin, fazendo o segundo gol húngaro: 3 a 2. Mostrando personalidade, a Seleção Brasileira manteve a calma, continuou tocando a bola e conseguiu seu quarto gol em um belo chute cruzado de Murilo, da direita da área húngara, no ângulo do goleiro Tihanyi, fechando o placar.

Com a vitória, os jogadores presentearam o técnico Marcos Sorato, que fez aniversário na última semana e pediu, como presente, um bom resultado diante dos húngaros.

veja também