MENU

Brasil se despede da Copa do Mundo contra a maior pontuadora

Brasil se despede da Copa do Mundo contra a maior pontuadora

Atualizado: Sexta-feira, 18 Novembro de 2011 as 10:54

Na despedida da Copa do Mundo do Japão, a seleção feminina terá pela frente a maior pontuadora da competição. Ponteira da República Dominicana, adversária desta sexta-feira, às 3h (horário de Brasília), Bethania De La Cruz já marcou 217 vezes no torneio japonês, 39 na frente da segunda colocada Carolina Costagrande, da Itália, e 88 a mais do que Sheilla, quem mais pontuou pelo Brasil.

Bethania De La Cruz fez 42 pontos no jogo entre República Dominicana e Alemanha (Foto: Divulgação / FIVB) De La Cruz chamou ainda mais atenção no jogo contra a Alemanha. A jogadora de 24 anos, 1,88m e 70kg marcou 42 pontos na vitória dominicana por 3 sets a 2. Foram 31 de ataque, seis de bloqueio e cinco em saques.

- A Copa do Mundo é um torneio muito forte onde estão as melhores jogadoras do mundo. Minha expectativa era apresentar um grande voleibol. Não esperava fazer tantos pontos em uma partida como contra a Alemanha. Foi um dia inesquecível. A equipe toda se apresentou bem – afirmou a jogadora.

O Brasil enfrentou a ponteira da República Dominicana duas vezes no caminho até o ouro no Pan-Americano de Guadalajara. Na estreia brasileira na competição, ela deu trabalho, marcou 24 pontos, mas a seleção venceu. Os times voltaram a se enfrentar na semifinal, mas a equipe do técnico José Roberto Guimarães soube marcar Bethania De La Cruz, que pontuou nove vezes.

- A Bethania está vivendo um momento espetacular. Está sendo a maior pontuadora a competição. É uma jogadora que tem evoluído bastante nos últimos anos, além de ser uma excelente atacante – analisou Zé Roberto.

Todo esse grande desempenho é bom para o técnico brasileiro Marcos Kwiek, que comanda a seleção da Republica Dominicana.

- Antes da gravidez, ela já era uma das melhores atacantes da equipe. O filho dela nasceu em 2009 e ela voltou muito bem da gravidez. É uma menina que treina muito bem. Ela gosta de treinar. Hoje a Bethania está na melhor forma dela. Ela está bem fisicamente e psicologicamente. Trabalhar com ela é muito bom porque ela não reclama de nada e treina muito bem.      

veja também