MENU

Brasileiras tentam acabar com a festa queniana na Meia Maratona de SP

Brasileiras tentam acabar com a festa queniana na Meia Maratona de SP

Atualizado: Quarta-feira, 23 Fevereiro de 2011 as 2:04

Após três títulos quenianos consecutivos na Meia Maratona de São Paulo, as brasileiras esperam dar fim ao domínio africano na prova, que acontecerá no próximo domingo e será transmitida pela TV Globo durante o Esporte Espetacular. Terceira colocada na edição do ano passado e dona do melhor tempo em meia maratona de 2010 (1h14m24s obtido em Nanning, na China), Adriana Aparecida da Silva é uma das esperanças brasucas na prova, embora o treinador da atleta revele que a prioridade deste ano seja o Pan-Americano de Guadalajara.

- O objetivo principal para a Adriana é a participação nos Jogos Pan-Americanos do México em outubro. Até lá, nosso planejamento será voltado para isso - contou Cláudio Castilho, treinador da atleta, que também está garantida no Campeonato Sul-Americano de Cross Country.

Além de Adriana, a atual campeã do ranking nacional, a baiana Edielza Guimarães, que ficou com a segunda colocação da Meia de São Paulo em 2009, também é uma das principais candidatas à vitória e mostrou não ter medo das africanas.

- Estou pronta para não perder de vista as africanas - revelou.

Conceição Maria Carvalho, Marily dos Santos, Sueli Pereira da Silva, Rosangela Raimunda Pereira Faria, Michele Cristina das Chagas, Elizabeth Esteves de Souza, entre outras atletas, são outros destaques brasucas que vão percorrer os 21.097 quilômetros de corrida.    

veja também