MENU

Brasileiro avança após protesto, e boxe garante mais três medalhas

Brasileiro avança após protesto, e boxe garante mais três medalhas

Atualizado: Terça-feira, 25 Outubro de 2011 as 8:41

O Brasil garantiu pelo menos mais três medalhas no boxe. Robson Conceição, do peso leve (até 60kg), e Myke Carvalho, do meio-médio (até 69kg), avançaram na noite desta segunda-feira às semifinais e asseguraram ao menos o bronze. Na última luta do dia, o meio-pesado(até 81kg) Yamaguchi Falcão quase deu adeus à competição ao ser desclassificado por golpe baixo em decisão polêmica do juiz. No entanto, a delegação brasileira recorreu, o protesto foi aceito, e ele também passou às semifinais.

Robson Conceição foi o primeiro brasileiro nas lutas da noite na Arena Expo Guadalajara e abriu boa vantagem logo no primeiro round da luta contra o americano Toka Titus Kahn-Clary: 7x2. O segundo assalto foi ainda melhor (11x3) e bastou ao lutador baiano administrar o round final para vencer por 21x3. Na semifinal, ele enfrentará Angel Suarez, de Porto Rico.

    Robson Conceição derrota o americano Toka Titus Kahn-Clary (Foto: Wander Roberto / Inovafoto / COB)     Myke Carvalho teve vida ainda mais fácil contra o chileno Patricio Villagra. Ele abriu 23x5 nos dois primeiros rounds e seguiu partindo para cima para fazer 7x3 no terceiro assalto e vencer por 30x8. A vaga na decisão será disputada contra o cubano Carlos Delvis Banteurt.

A maior confusão aconteceu justamente na última luta desta segunda-feira. No meio-pesado, Yamaguchi Falcão Florentino tomou a iniciativa da luta contra o dominicano Felix Varela Alvarez. Mas, em um golpe do brasileiro na linha de cintura, o atleta da República Dominicana caiu no chão dois socos depois reclamando de golpe baixo.

Caído, o dominicano se debateu e rolou antes de receber atendimento médico. O juiz, aparentemente sem saber exatamente o que havia acontecido, falou com a mesa e decidiu desclassificar Yamaguchi, que reclamou muito da decisão. O córner brasileiro também questionou muito, sem sucesso. O alívio veio apenas horas depois, depois do recurso brasileiro ser aceito.          

veja também