MENU

Brasília e Flamengo vencem; Franca e Minas tropeçam na reta final do NBB

Brasília e Flamengo vencem; Franca e Minas tropeçam na reta final do NBB

Atualizado: Segunda-feira, 29 Março de 2010 as 12

Definidos os quatro times que pulam direto para as quartas de final, a parte de cima da tabela do NBB virou uma gangorra nas últimas rodadas da fase de classificação. Em jogo, as posições de cada equipe e o cruzamento nos playoffs. Neste domingo, Brasília e Flamengo venceram e deram mais um passo para fincar bandeira no topo da tabela. Franca e Minas, que vêm na cola, tombaram dentro de casa e perderam terreno em relação aos rivais.

Líder do campeonato, o Brasília recebeu o Londrina e ganhou com certa facilidade, por 91 a 76. O destaque da partida foi o ala Guilherme Giovannoni, autor de 30 pontos e 13 rebotes. Arthur colaborou com 20 pontos, e Alex fez 13 diante da torcida brasiliense. Pelo time do Sul, o cestinha foi Guilherme Filipin, com 29. A vitória deixou os comandados de Lula Ferreira com 43 pontos, mesma campanha do Flamengo, que perde no confronto direto.

- Fizemos o dever de casa, superando o Londrina e mantendo a liderança, já que agora vamos entrar em uma semana importante, quando as coisas vão se definir. Queremos muito fechar a primeira fase na frente para entrar com vantagem no playoff. A cada jogo, um jogador vem se destacando. Neste fui eu, na rodada anterior foi o Alex, mas o importante é que o time está bastante unido e os resultados estão aparecendo – comentou Giovannoni. 

Marcelinho foi o cestinha do Flamengo O Rubro-Negro, que tinha perdido na sexta-feira para o Bauru, na prorrogação, retomou o caminho dos triunfos na casa do Assis, atropelando o rival com o placar de 95 a 60. Como de hábito, o cestinha carioca foi Marcelinho Machado, com 30 pontos, seguido pelos 19 de Hélio e os 16 de Duda. Ricardo e Borders comandaram a equipe paulista com 11 e 10 pontos, respectivamente.

A experiente equipe de Franca perdeu uma boa oportunidade de encostar nos líderes. Dentro do ginásio Pedrocão, o time de Hélio Rubens enfrentou o Pinheiros e permitiu uma reação do rival no último quarto. Os donos da casa abriram o último quarto vencendo por nove pontos, mas levaram 19 a 9 na parcial e acabaram perdendo o jogo por 78 a 77. Olivinha comandou os paulistas com 31 pontos, enquanto Márcio foi o cestinha francano, com 21.

  Minas perde oportunidade

Agora Franca tem 42 pontos, com um jogo a mais que Brasília, Flamengo e Minas. O time mineiro poderia ter se igualado aos francanos, mas também perderam uma chance valiosa dentro de casa. A derrota em Belo Horizonte foi bem parecida com a da equipe paulista. Na virada para o quarto período, os comandados de Flávio Davis venciam por 69 a 60, mas os catarinenses fizeram 28 a 18 na parcial para arrancar a vitória apertada por 88 a 87.

Ainda sem o armador Manteguinha, Joinville contou com 30 pontos de André e 20 de Jefferson Sobral, enquanto o Minas foi liderado por Jeffries (23) e Sucatzky (17, além de oito assistências). O time do técnico Alberto Bial agora tem 38 pontos e ocupa quinta posição, mas não tem chance de chegar ao G-4 até o fim da primeira fase.

A penúltima rodada está marcada para esta sexta-feira, com sete partidas. A fase de classificação termina no domingo. Brasília, Flamengo, Franca e Minas já estão garantidos nas quartas de final. Os adversários vão sair de um playoff entre os times que ocupam da quinta à 12ª colocação. Com o Saldanha da Gama eliminado, a última vaga neste mata-mata está entre Vila Velha/Cetaf e Londrina, que se enfrentam na sexta. Enquanto o playoff de repescagem estiver acontecendo, os quatro primeiros encaram equipes da liga argentina em um torneio amistoso.

Confira todos os resultados da 12ª e antepenúltima rodada:

Brasília 91 x 76 Londrina

Minas 87 x 88 Joinville

Assis 60 x 95 Flamengo

Bauru 104 x 79 São José

Palmeiras/Araraquara 106 x 110 Paulistano

Franca 77 x 78 Pinheiros

veja também