MENU

Brasília Multisport une turismo cidadão ao esporte

Brasília Multisport une turismo cidadão ao esporte

Atualizado: Terça-feira, 24 Junho de 2008 as 12

Brasília Multisport une turismo cidadão ao esporte

'Desafio no cerrado' vai reunir triatletas, remadores, corredores de aventura, ciclistas e corredores de rua em uma travessia de 110 km redescobrindo o Distrito Federal

As provas multiesportivas, consideradas as mães das corridas de aventura, vão explorar as belezas do cerrado brasileiro. O desafio de estréia no Centro-Oeste acontece dia 5 de julho, e vai aproveitar o potencial ecoturístico da Capital Federal. A "Brasília Multisport - Desafio no cerrado" vai reunir triatletas, corredores de aventura, remadores e amantes dos esportes a céu aberto para uma maratona de 110 km, com diversas etapas de corrida, mountain bike e remo em caiaque intercaladas. Os campeões do evento ainda ganham vagas para o Coast to Coast 2009, na Nova Zelândia.

"Queremos fazer do Multisport um ponto de convergência dos atletas de todas as comunidades e vincular o esporte ao conceito de turismo cidadão, além de ajudar na positivação da imagem de Brasília, "arranhada" pela política.  Durante o evento, os atletas terão a oportunidade de sentarem-se nas cadeiras dos deputados, dentro do Plenário da Câmara dos Deputados", diz o organizador Alexandre Carrijo.

A prova pode ser disputada nas categorias solo, duplas ou revezamento. A estimativa é de que a travessia da 'Costa Urbana' à 'Costa Rural' do Distrito Federal dure de 7 a 12h. Ela começa na Esplanada dos Ministérios, passa por locais como a Praça dos 3 Poderes e o Palácio da Alvorada, além do cantado Lago Paranoá. No total, são 36 km de corrida, 43 de bike e 31 de caiaque, atravessando morros, lagos, encontros de rios e até mesmo uma caverna. Um percurso que já seduziu alguns dos melhores multiesportistas do país.

"Como em qualquer competição, não gosto de criar expectativas, até porque não sou um bom remador, trecho que será definitivo na prova. Quero apenas aproveitar o meu dia e curtir um dos lugares mais bacanas do mundo para se praticar esse tipo de esporte", aprova o triatleta e corredor de aventura Alexandre Manzan, campeão do Nissan XTerra Brazil neste ano.

Além de Manzan, Leandro Macedo, que foi a duas olimpíadas, confirmou que fará equipe de revezamento com seu pupilo Henrique Siqueira, jovem promessa do triathlon de longa distância e o remador Sebastian Cuattrin, que tem quatro olimpíadas na bagagem. Também são esperados corredores quenianos, que treinam em Brasília.

Para ninguém ficar de fora, a organização bolou a opção da Prova Curta, que tem apenas 25 km de duração. Crianças em risco social, do projeto 'Meninos de Ouro', ligado à canoagem, também vão participar.

"Temos dois cegos participando, e crianças  que fazem canoagem como exercício de reintegração social estarão no revezamento e na prova curta" revela Carrijo

Media Guide Comunicação

veja também