MENU

Bridgestone amplia contrato com a MotoGP

Bridgestone amplia contrato com a MotoGP

Atualizado: Sábado, 19 Março de 2011 as 11:17

Depois de deixar a Fórmula 1 ao final do ano passado, a fábrica de pneus Bridgestone decidiu estender o contrato em vigor com a MotoGP, principal categoria de corridas de motocicletas, e continuará sendo a fornecedora oficial de rodas pelas próximas três temporadas, em novo vínculo assinado até o final de 2014.

O novo acordo prevê a permanência da empresa japonesa no mínimo até a última temporada em que as motos terão o motor de 800 cilindradas de potência. Em 2015, está agendada uma mudança para motores de 1000 cilindradas que deverá, assim como na Fórmula 1 em 2013, alterar regras e chassis das motos.

A Bridgestone assinou o acordo com a Dorna Sports, empresa que cuida dos direitos da MotoGP, e teve o aval da Federação Internacional de Motociclismo (FIM), da Associação de Empresas de Esporte a Motor (MSMA, em inglês), e a Associação de Equipes de Corridas de Motos (IRTA).

A fábrica japonesa ingressou na MotoGP em 2002, quando a categoria dispunha de motores de 500 cilindradas, mas passou a ser a única fornecedora de pneus a partir de 2009. Desde então, os pneus da Bridgestone estiveram presentes em quatro títulos mundiais, 70 vitórias e 179 pódios, de acordo com informações do site oficial das três categorias de motovelocidade: MotoGP, Moto2 e 125cc.

As três categorias estreiam na temporada 2010 neste final de semana, na etapa de Losail, no Catar. neste sábado ocorrem os treinos que definirão o grid de largada da 125cc, da Moto2 e da MotoGP, respectivamente.

veja também