MENU

Bruno Senna diz que está confirmado apenas para GPs

Bruno Senna diz que está confirmado apenas para GPs

Atualizado: Quinta-feira, 25 Agosto de 2011 as 12:13

Bruno correrá na Bélgica e Itália (Foto: Reuters)

  Após apenas um curto comunicado e uma gafe no site oficial da Renault-Lotus , poucas informações sobre o contrato de Bruno Senna foram disponibilizadas. A equipe anglo-francesa, inclusive, prometeu um novo comunicado oficial para esta manhã, mas ainda não o divulgou. Entretanto, na entrevista coletiva oficial do GP da Bélgica, realizada nesta quinta-feira, o brasileiro disse que está confirmado na corrida em Spa-Francorchamps e no GP da Itália, próxima etapa, em 11 de setembro. Segundo ele, questões legais impedem o anúncio para o resto da temporada.

- Estou confirmado para esta e a próxima corrida. Minha intenção e da equipe é que eu faça o restante da temporada, mas ainda não está confirmado. Será uma grande batalha aqui para andar no ritmo destes caras, que estão aqui há 11 corridas, mas é meu circuito favorito - disse Bruno Senna na entrevista coletiva.

      Antes do brasileiro, porém, Vitaly Petrov, seu novo companheiro de equipe, já havia adiantado a informação de que Bruno seria titular nas próximas duas corridas. Segundo informações da imprensa alemã, o problema é que a Renault-Lotus ainda negocia o pagamento de uma multa ao demitido Nick Heidfeld. O alemão não abre mão de receber um valor de aproximadamente R$ 5 milhões, correspondente ao seus salários até o fim da temporada.

Na pista, Bruno Senna quer andar ao menos no mesmo ritmo do companheiro Vitaly Petrov. A confirmação da presença do brasileiro na corrida da Bélgica ocorreu apenas na quarta-feira. Ele chegou a andar no primeiro treino livre para o GP da Hungria, antes das férias da Fórmula 1.

- Será um grande desafio voltar no meio da temporada. Mas participei de todos as reuniões com os engenheiros e sei de tudo o que acontece no time. O treino na Hungria foi bastante difícil, mas útil para saber como o carro se comporta, mas será uma grande batalha. Espero evoluir rapidamente e retribuir a fé que a equipe teve em mim. Preciso aprender a lidar com os pneus no treino classificatório e na corrida. Se eu ficar próximo de Petrov, será uma boa referência.          

veja também