MENU

Bruxa solta antes da Copa: lesões tiram estrelas do Mundial da África

Bruxa solta antes da Copa: lesões tiram estrelas do Mundial da África

Atualizado: Sexta-feira, 4 Junho de 2010 as 1:43

A Copa do Mundo ampliou enfaticamente sua enfermaria nesta sexta-feira. Nada menos do que quatro lesões abalaram o Mundial de 2010 antes mesmo de seu início. A primeira foi a de Didier Drogba, o super-astro da Costa do Marfim, principal jogador africano da atualidade. Depois dele, o zagueiro Rio Ferdinand, capitão da Inglaterra, torceu o joelho esquerdo e seguiu direto para um hospital de Rustenburgo. O terceiro a cair foi o volante italiano Andrea Pirlo, com uma lesão de grau 2 na panturrilha esquerda. Para terminar, o brasileiro Michel Bastos dividiu uma bola com Elano e torceu o tornozelo direito. Por ora, o único cortado foi Ferdinand - segundo a imprensa inglesa .

Drogba se lesionou num lance com o nipo-brasileiro Marco Túlio Tanaka , no amistoso que a Costa do Marfim disputou contra o Japão (e venceu por 2 a 0) em Sion na Suíça ( A imprensa francesa chegou a noticiar o corte de Drogba, e o próprio jogador disse ao companheiro Kolo Touré a frase “o Mundial acabou”. Mas, mais tarde, foi anunciado que Drogba será operado e tem chances de disputar a Copa. A Costa do Marfim estreia no dia 15 contra Portugal e joga contra o Brasil no dia 20.

O caso de Pirlo é grave – a lesão muscular é de difícil recuperação e é semelhante à que tirou Romário do Mundial de 98. A Itália está treinando em Sestríere, na Itália – e a assessoria da Azzurra confirmou que o atleta não vai jogar contra a Suíça no amistoso deste sábado em Genebra. Segundo a imprensa italiana, Pirlo deve deixar a delegação e seguir para Milão para tentar se recuperar.

Já Michel Bastos teve aparentemente mais sorte: segundo a assessoria da CBF, a torção do lateral foi leve e ele parece não correr risco de corte . Lista de vítimas de lesões é extensa

Até o momento, os alemães são os mais prejudicados com as baixas. A começar pelo ídolo Michael Ballack, que está fora da Copa por conta de um problema no tornozelo direito, sofrido depois de uma dura entrada do ganês Boateng, durante a final da Copa da Inglaterra, entre Chelsea e Portsmouth.

Sem sua maior estrela, o técnico Joachim Law apostava no reserva Traesch para assumir a função de “cérebro alemão”. Mas, dias depois, em um amistoso contra uma equipe da região de Tirol-ITA, o armador torceu o tornozelo direito e recebeu dos médicos a notícia de que também não seria mais convocado. Antes da dupla, o zagueiro Westermann, com um problema no pé direito, também ficou fora.

Na Inglaterra, David Beckham, um dos mais experientes jogadores do English Team e com a chance de disputar o último Mundial da carreira, rompeu o tendão de Aquiles do pé direito durante um jogo do Milan pelo Campeonato Italiano e ficou sem condições de se recuperar a tempo do Mundial.

Outra seleção que perdeu sua maior estrela foi a de Gana. O volante Michael Essien sofreu uma lesão no joelho esquerdo, em janeiro, e meio à Copa das Nações Africanas, e acabou descartado pelo técnico Milovan Rajevac.

veja também