MENU

Burnquist vai das verduras à produção de comerciais e descarta aposentadoria

Burnquist vai das verduras à produção de comerciais e descarta aposentadoria

Atualizado: Terça-feira, 7 Fevereiro de 2012 as 6:56

Mauricio Nadal, iG São Paulo

O skatista empreendedor demonstra preocupação com o futuro após as competições e não quer saber de abandonar as pistas

Bob Burnquist é um daqueles esportistas que não se restringem apenas à prática esportiva. O skatista brasileiro também tem o seu lado empreendedor. Planta verduras sem agrotóxicos e tem uma empresa no ramo. Bob também é sócio de uma produtora, além de possuir a própria marca, que vende skates, mochilas e camisetas. Isso demonstra a preocupação do brasileiro com a vida pós-competições, porém ele ainda despacha a aposentadoria. Leia mais: Bob Burnquist vira personagem de game e se compara a Pelé e Senna

“O tempo vai passando e mais novo eu não estou ficando. Sei que é importante manter os dois lados, o skatista e o dos negócios. Me envolvi com pessoas importantes no mundo de negócios e procuro manter contatos. Entendo que é importante e eu corro atrás”, disse Burnquist.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros fãs de esportes radicais

O atleta do Brasil, um dos precursores da Mega Rampa a nível mundial, vê a aposentadoria como algo relativo no skate. Para Bob, parar de competir não quer dizer abandonar o esporte.

E mais: Por novos mercados, X Games anuncia projeto de expansão global

“Aposentadoria para mim é muito relativa. Posso começar a escolher melhor, participar ou não de uma competição. Tem muitos skatistas que não correm campeonatos, mas lançam vídeos, é uma questão de perspectiva. Não me vejo aposentando, posso parar de competir, mas continuarei na ativa”, afirmou o atleta de 35 anos.

Veja uma das manobras sensacionais de Bob Burnquist:


Burnquist também comentou a respeito de seus hábitos alimentares, que geraram o surgimento da empresa de produção de verduras.

Leia mais sobre esportes radicais no iG Esporte

“Tento comer bem, o máximo possível, tomo bastante água e não bebo há mais de um ano. Não sou vegetariano, só não como carne vermelha e carne de porco. Minha alimentação é 100% orgânica. Esses fatores fizeram com que eu tivesse a ideia de criar essa empresa”, finalizou o skatista.

Os projetos de Bob Burnquist não param por aí. Após o lançamento do game para smartphones e tablets, o atleta ainda promete um livro para o final desse ano.


Continue lendo...

veja também